Abscesso

É designado de abscesso ou abcesso o acúmulo localizado de pus num tecido, formando uma cavidade delimitada por uma membrana de tecido inflamatório (membrana piogénica). O líquido purulento que a preenche se forma em virtude da desintegração e morte (necrose) do tecido original, microorganismos e leucócitos.

Causas

Pode ser causado por vários agentes patogénicos microbiológicos, como as bactérias piogénicas (incluindo, estreptococos, gonococos, entre outros), ameba, além de algumas substâncias químicas (como a essência de terebintina).

Sintomas

Os sintomas dependem do órgão ou tecido afetado. No entanto, classicamente temos como manifestações de todo processo inflamatório a dor, calor, rubor e tumefação locais, podendo apresentar perda de função. Os abscessos "maduros" têm flutuação à palpação e a pele que os reveste torna-se mais fina.1

Têm ocorrência mais comum na pele, mas podem atingir qualquer tecido. Dificilmente há remissão espontânea, com a reabsorção (se pequenos) ou fistulização.

Ervas útelis no combate ao abcesso :

Alecrim Lippia sidoides
Altéia Altthaea Officinalis
Arruda Ruta graveolens
Funcho Foenicolum vulgare
Oregano Origanum vulgare
Couve Brassica oleraceae
Repolho Brassica oleracea
Salsa Petroselinum sativum

Tratamentos com homeopatia :

Pyrogenium C30
Mercurius Solubilis C3
Belladona C3
Calêndula TM
Hepar sulphuris C3
Mercurius solubilis
Silicea C30
Calcarea sulphuris C5
Pulsatille C5
China TM



Indique nosso site para um amigo.

Dieta  de 21 dias