Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento.Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

AMBAÚ

Cecropia glaziovi

O ambaú é uma árvore do gênero dos cecropias, muito importante ao meio ambiente principalmente na recuperação de florestas.

Descrição : Planta da família das Moraceae, também conhecida como embaúva vermelha, ambaí, ambaíba, ambaitinga, ambati, ambaú, árvore da preguiça, baibeira, caixeta, figueira de surinam, ibaíba, ibaituga, imbaíba, imbaúba, imbaubão, pau de lixa, pau formiga, torém, umbauba, umbaúba.

É uma árvore perene que atinge até 16 metros de altura, com 5 metros de diâmetro, com tronco esbranquiçado e ereto, e folhas lobadas presentes apenas no ápice.

Parte utilizada: Folhas, raiz, frutos e brotos (uso interno) e látex (uso externo).

Plantio : Propaga-se por sementes, floresce no verão, inverno e primavera, prefere clima tropical de altitude, tropical, tropical úmido.

Origem: Paraná, Bahia, Região Sudeste.

Princípios Ativos: alcaloides, flavonoides, glicosídeos (orientina), proantocianidinas (mono, oligo e poli catequinas), taninos .

Propriedades medicinais: adstringente, antidiabética, anti-hipertensiva, anti-hidrópica, antileucorréica, antiblenorrágica, antiasmática, antigripal, béquica nervosa, cardiotônica, cáustico (látex), diurético (provoca três vezes mais urina que o normal), estimulante do músculo cardíaco, expectorante, hepática, hipotensora, reguladora do ritmo cardíaco, tônica, vulnerária.

Indicações: Anúria, bronquite, chagas crônicas, cólicas hepáticas, coqueluche, diarreia, hipertensão, mal de Parkinson, oligúria, tosse, úlceras gangrenosas e cancerosas (topicamente), verrugas.

Modo de usar :

Suco:   extrair o suco da raiz e diluir 1 colher das de sopa em 1 xícara de água. Tomar um gole de hora em hora: úlceras cancerosas, hipertensão; 1 folha nova, fresca, em 2 xícaras de água. Bater em liquidificador. Tomar 3 vezes ao dia: distúrbios respiratórios e mal de Parkinson;

Decocção :  . 20 g de raiz para 1 litro de água. Tomar 2 a 3 xícaras ao dia;   2 folhas em 1 litro de água. Tomar 3 xícaras ao dia; hipotensora, diurética;

Infusão de 1 colher de sopa de folhas em 1 litro de água fervente. Abafe por 5 minutos.;

Uso local: pingar 5 gotas do látex em feridas, verrugas e úlceras gangrenosas; xaropes: tosses e gripes.

Revista Brasileira de Sementes - Efeito da temperatura e a participação do fitocromo no controle da germinação de sementes de embaúba.
Secagem de infrutescências de Cecropia glaziovi S. III: importância de espécies pioneiras na preservação de ecossistemas Scarpelini, Larissa M. 1, Sartori, Dermeval J. M. 1, Arrieche, Leonardo S. 1 Departamente de Engenharia Química, Universidade Federal de São Carlos.

Ambau



Bibliografia :

Catálogo de plantas e fungos do Brasil, volume 2 / [organização Rafaela Campostrini Forzza... et al.]. -

Rio de Janeiro : Andrea Jakobsson Estúdio : Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2010. 2.v. 830 p. il.

FLORA ARBÓREA e Arborescente do Rio Grande do Sul, Brasil. Organizado por Marcos Sobral e João André Jarenkow. RiMa: Novo Ambiente. São Carlos, 2006. 349p. il.

KINUPP, V. F. Plantas Alimentícias Não-Convencionais da Região Metropolitana de Porto Alegre. Tese de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2007. 590p. il.

NETO, S. R.; GAGLIOTI, A. L.; GUIDO, B. M. O. Urticaceae Juss. do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo, SP, Brasil. Hoehnea 36(1): 193-205, 1 fig., 2009.

OLIVEIRA, D. Nhanderukueri Ka’aguy Rupa – As Florestas que Pertencem aos Deuses. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2009. 182p. il.

PLANTAS DA FLORESTA ATLÂNTICA. Editores Renato Stehmann et al. Rio de Janeiro: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, 2009. 515p.

PLANTAS MEDICINAIS. CD-ROM, versão 1.0. PROMED – Projeto de Plantas Medicinais. EPAGRI – Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A. Coordenação: Antônio Amaury Silva Junior. Itajaí, Santa Catarina. 2001.

ROMANIUC NETO, S., Gaglioti, A.L. 2010. Urticaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Dieta  de 21 dias