Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

BATATA DOCE PARA A GOTA

Ipomoea batatas

Essa planta cultivada pelos indígenas que foi assimilada pela nossa cultura, possui muitas propriedades medicinais e nutricionais, sendo um bom complemento alimentar.

Descrição : Da família das Convolvulaceae, também conhecida como batata-da-terra e batata da terra. Erva rastejante, trepadeira sem gravinhas.

Folhas pecioladas, alternas, variadas na forma e as vezes tribobuladas. O tubérculo é um misto de caule e raiz, possuindo pequenos pontos salientes na sua porção de caule, a partir do qual crescem os ramos e na parte de raiz, armazena os amidos, água, açucares e sais minerais, essa parte tem sabor adocicado e varia a forma e tamanho, segundo a variedade de cultivo.

As flores são de cor branca, violáceas, róseas e vermelhas. A semente raramente é fértil; portanto a propagação vegetativa deve ser feita por cortes nos ramos ou por brotos que aparecem no ápice do tubérculo, quando colocado na água.

Não é muito exigente quanto ao solo, embora vegete melhor no arenos, solto drenado e média acidez. Não resiste a temperaturas frias.

Habitat: Originária da América tropical, também é encontrada em ilhas do Pacífico. É cultivada em todo o país.

História: Já era cultivada no México e América do Sul pela chegada dos colonizadores. A palavra batata é de origem indígena.

Partes utilizadas : Tubérculos, folhas e ramos jovens.

Plantio : É muito sensível ao frio, sendo melhor cultivada no clima subtropical de 20° C, de temperatura média anual e de chuvas bem distribuídas. As terras argilosas compactas são-lhe impróprias, pois necessita de solo silícico argiloso, drenado e rico em humo.

Origem : América tropical e há informações de que já era raramente cultivadas no México e Peru, quando de descoberta do Novo Mundo, sendo também plantada em algumas ilhas do Pacífico.

Modo de Conservar : As folhas e os ramos novos são secos ao ar livre, em local bem ensolarado, em seguida trituradas em um pilão e armazenadas em frascos de vidro escuro. As raízes são desenterradas e escovadas.

Propriedades medicinais: Emoliente, usos etnofarmacológico, antirreumática, anti-inflamatória, antiedematosa, vulnerária, resolutiva, analgésica.

Indicações: Tumor e inflamação da boca e da garganta, tumor, gota, reumatismo, rins.

Uso pediátrico: As mesmas indicações

Uso na gestação e na amamentação: Planta segura, não tem contraindicações

Princípios ativos: Tubérculo: Amido; Açúcares; Sais minerais; Ramos: Proteínas; Carotenos; Vitaminas; Ácido fólico; Sais minerais.

Modo de Usar:

Dores reumáticas; contusões; furúnculos; feridas; queimaduras: Em um pilão, coloque duas colheres de sopa de folhas e ramos novos frescos. Amasse bem, até formar uma pasta. espalhe essa pasta em uma gaze ou pano, aplique no local afetado e cubra com outro pano, deixando agir por trinta minutos. Faça a aplicação duas vezes ao dia podendo deixar agir também durante a noite.

Inchaço do rosto ou da gengiva : Coloque uma colher de sopa de folhas secas ou frescas em um copo de água em fervura. Deixe ferver por cinco minutos e coe. Ainda morno, faça bochechos até desaparecer o sintoma.

Alimentação : Lave bem as batatas e cozinhe com casca em uma panela com água. Retire as batatas da água do cozimento e coloque no forno para enxugar. Coma a gosto ou em fora de purê ou fritas

Alimento nutritivo : Coloque uma colher de sobremesa de pó de folhas e de ramos novos em uma xícara de chá de leite morno. Tome um xícara de chá, duas vezes ao dia.

Batata Doce

Posologia:

Adultos: 4g de erva fresca (2 colheres de sopa para cada xícara de água) de folhas e ramos em emplastro 2 vezes ao dia, deixando agir por pelo menos 5O minutos para afecções da pele, 4g de erva fresca (2 colheres de sopa para cada xícara de água) de folhas e ramos em infuso para bochechos 2 vezes ao dia, deixando agir por pelo menos 15min para afecções da boca. Os tubérculos, sob a forma de alimento ou o pó de folhas e ramos adicionados a sucos e outros preparos alimentícios, para nutrição.

Crianças: posologia por peso corporal: 1/6 a 1/3 da dose.


Dieta  de 21 dias