Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

A BERINJELA CONTRA O COLESTEROL

Solanum melongena

A berinjela é originária da Índia, considerada de fácil cultivo nos trópicos, e que pertence à mesma família do pimentão.

Descrição : Plantas da família das Solanaceae, também conhecida como berengena ou tongú.

Herbácea de até um metro de altura, de caule ereto e com ramificações.

A folha é alongada, de cor verde, pilosa e às vezes com pecíolo espinhoso.

O fruto é carnoso, redondo ou oval e alongado, com casca lisa, de coloração escura ou arroxeada, cuja forma e tamanho varia pelo cultivo.

A variedade berinjela branca somente é utilizada para fins ornamentais.

Plantio : Deve ser cultivada em clima quente ou temperado quente, em solo areno-argiloso, bem drenado, com média ou fraca acidez, em local protegido de geadas.

O seu plantio deve ocorrer por semeadura, em canteiros próprios, e após transplantada para local definitivo.

Tratando-se de uma planta anual, a semeadura deve ocorrer durante o verão e o outono.

Reprodução por sementes.

Parte utilizada: Fruto.

Habitat: É cultivada nos climas quentes do Brasil, em solo areno-argiloso bem drenado, de média acidez, protegida de geadas.

História: De origem asiática, foi cultivada na Europa e África, de onde chegou ao Brasil no século XVII. É utilizada como alimento no mundo inteiro.

Origem : Índia e cultivada na África, de onde chegou à Europa e mais tarde às Américas. É encontrada no Brasil desde o século 17.

Modo de conservar : O fruto deve ser utilizado não inteiramente maduro. A casca do fruto deve ser retirada, seca ao sol e após conservada em sacos de papel.

Princípios Ativos : Pigmentos; ácidos clorogênicos; aminoácidos; vitaminas; saponinas e cinarina.

Propriedades : Oxidante, remineralizante, alcalinizante, calmante, resolutiva, diurética, emoliente (folhas), digestiva.

Indicações : Reduz a ação de gorduras no fígado e diminuir o colesterol. Diminui o colesterol, combate a inflamação dos rins e uretra, as enfermidades do fígado e estômago. Suas folhas servem para o preparo de cataplasmas para queimaduras, abcessos e herpes. O suco do fruto é bom diurético.

Uso pediátrico: As mesmas indicações.

Uso na gestação e na amamentação: Planta segura, alimento, não oferece contraindicações.

Berinjela

Modo de Usar :

Protetor das funções hepáticas; aumenta a produção de bílis e sais biliares; facilita a contração da vesícula biliar; laxante; digestiva; diminuem e regula o colesterol - coloque 1 fatia pequena de casca crua ou seca em 1 xícara de chá de água em fervura. Deixe ferver por 5 minutos e abafe. Deixe em maceração por 15 minutos e coe. Tome 1 xícara de chá duas vezes ao dia, sendo de preferência a primeira dose de manhã, em jejum.

Receita dois - Coloque 6 fatias de casca seca e picada em uma garrafa com vinho branco. Deixe em maceração por 5 dias e coe. Tome 1 cálice, antes das principais refeições.

Precauções: Em pacientes com tendência à diarreia.

Posologia:

Adultos: 4g de fruto fresco (2 colheres de sopa para cada xícara de água) em infuso até 3 vezes ao dia, com intervalos menores que 12hs, sendo a 1a. dose em jejum; Os frutos, sob a forma de suco, são usados internamente para todas as indicações hepatobiliares e digestivas; O mesmo suco ou pedaços crus do fruto são usados para as afecções da pele;

Crianças: posologia por peso corporal: 1 /6 a 1/3 da dose; Deve ser consumida como alimento também, nunca frita, para as mesmas indicações.

VEJA TAMBÉM EM NOSSO SITE :

Receita Caseira de Extrato Alcoólico de Berinjela.



Dieta  de 21 dias