Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

BOLSA DE PASTOR

Capsella bursa-pastoris

Essa planta é um poderoso adstringente, muito indicado em casos de vômitos e escarros de sangue.

Descrição : Planta da família das Brassicaceae, também conhecida como braço-de-preguiça, bucho-de-boi, chapéu-de-frade, panacéia; Planta herbácea, de até 60 cm de altura, folhas empubescidas, de forma variável, a saber, partidas (as inferiores), oval lanceoladas (mais acima). Flores brancas em cachos. Frutos cordiformes, com a parte estreita ligada ao pecíolo.

Parte utilizada: Planta inteira, exceto as raízes.

Princípios Ativos: Acetilcolina, ácidos (málico, acético, cítrico, fumárico), alcaloide (sinapina e bursina), colina, ergocristina, flavona diosmina, iohimbina, mirosina, potássio, resina, saponosídeo, tanino, tiramina.

Propriedades medicinais: Adstringente, antiálgica, antidisentérica, antiemética, antiescorbútica, anti-hemorroidária, anti-hipotensora, anti-inflamatória, antisséptica, antisifilítica, cicatrizante, diurética, estomáquica, hemostática, hipotensor, secante, tônica, vulnerária.

Indicações: Esta planta é um poderoso adstringente. É indicada nos casos de vômitos e escarros de sangue, disenterias, regras abundantes, hemorragia nasal, hemorragia uterina. Para esses fins, usam-se 20 a 30 gramas de folhas ou raízes para l litro de água, por infusão.

O suco fresco da planta, tomado em jejum, 30 gramas em um copo de água, é bom para combater a Blenorragia. Na falta da planta fresca, pode usar-se, para o mesmo fim, a planta seca, na dose de 100 gramas para l litro de água. Toma-se em jejum.

Aplica-se o suco fresco da planta, topicamente, para curar a supuração dos ouvidos. A planta fresca, machucada, aplicada em forma de cataplasma, sobre partes doloridas e inflamadas, alivia a de e a inflamação. Em gargarejos, na dose de 30 gramas para l litro de água, usa-se a bolsa-de-pastor para curar as inflamações da garganta.

Contraindicações/cuidados: Uso não é recomendado para gestantes, nutrizes e pessoas com pedras nos rins. Em doses elevadas, a bolsa-de-pastor tem efeito tóxico.

Modo de usar:

- Folhas são consumidas cruas, em saladas, ou cozidas.

- Decocção de 30 g de folhas por litro de água. Tomar até 3 litros por dia (50 a 90 g da erva por dia);

- Infusão de 20 a 30 g de folhas para 1 litro de água; 30 g de suco fresco em um copo de água. Tomar em jejum: Blenorragia ;

- Cataplasma da planta fresca, contusa: áreas doloridas e inflamadas;

- Gargarejos: 30 g em 1 litro de água: afecções da garganta;

- Maceração a frio, de 6 colheres de chá de plantas para duas chávenas de água; deixar macerar por 8 horas, filtrar e tomar dia sim, dia não.

- Aplicações externas, para limpeza de feridas, erupções cutâneas e eczemas (infusão ou decocção; - tintura: macerar 30 g de folhas em 100 g de álcool a 60º. Após uma semana, filtrar o líquido e guardá-lo em um vidro.

Bolsa de Pastor

Dieta  de 21 dias