Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento.Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

BUTUA

Chondodendron platyphyllum

Uma planta semelhante a uva, muito utilizada para fins ornamentais, é uma perigosa planta tóxica que pode provocar parada cardíaca.

Descrição : A butua é uma planta trepadeira que pertence à família das Vitáceas. Conhecida também sob o nome de parreirinha do mato; parreira brava; uva-do-rio; abuta e videira-silvestre, porque os seus frutos formam cachos semelhantes aos da uva; essa trepadeira também é usada para fins ornamentais, mas o princípio ativo contido nas raízes, a "cocculina", constitui um alcaloide tóxico, que atrasa a pulsação cardíaca, faz cessar o movimento dos músculos voluntários e causa a morte.

A planta foi diversamente classificada. Saint-Hilaire descreveu-a como Cocculos cinaracens e Barbosa Rodrigues como Cissampelos vitis.

Indicação: O uso da parreirinha-do-mato contra cálculos renais, cólicas uterinas (que podem aparecer durante o sobreparto) e menstruação difícil apresenta resultados excelentes.

Também é indicada para casos de má digestão, dor de cabeça, febre, prisão-de-ventre, tontura, hidropisia e reumatismo.

Em problemas de fígado provoca desobstrução nas afecções hepáticas. Para fins medicinais são utilizadas as casca do tronco (por decocção) e a raiz.

Modo de Usar: Como diurética e febrífuga, ferva de l0 a 15g de parreirinha-do-mato para cada l litro d'água. Beba de 4 a 5 xícaras por dia.


Dieta  de 21 dias