Plantas Que Curam - O seu guia de Plantas Medicinais na Internet

CALAMINTA

Calamintha officinalis

Descrição : Planta silvestre parecida com a hortelã-pimenta, da família das Labiadas, conhecida também sob os nomes de nêveda e nêveda-maior. Tem o mesmo perfume que a hortelã-pimenta e é dotada de propriedades antispasmódicas reconhecidas desde a antiguidade. Além dessa virtude, é tónica, digestiva, excitante. Emprega-se em infusão, do mesmo modo que a melissa (erva-cidreira).

História : Antigamente a calaminta era mais usada que hoje em dia tendo sido muito grande o seu prestígio na Idade Média, época em que se depunha muita confiança em suas virtudes, inclusive contra a elefantíase, que é uma moléstia cutânea cujo caráter é uma intumescência mais ou menos volumosa da pele e do tecido celular adiposo, e da qual, dizia-se, sendo a calaminta tomada logo no começo, misturada ao vinho, o doente seria curado, desaparecendo os humores.

Propriedades medicinais: Digestiva, excitante, expectorante, sudorífera, tônico.

Indicações: Dor reumática, espasmo, torções.

Modo de usar: Infusão de 10 g por litro de água.


Calamita


Indique nosso site para um amigo.