Plantas Que Curam - O seu guia de Plantas Medicinais na Internet

CANELA DE SASSAFRÁS

Sassafras albidum

Descrição : Planta da família das Lauraceae. É uma árvore pequena, de folhas pecioladas, agudas na base, até 10 cm de comprimento e 5cm de largura, coriáceas, verde-pálidas e amarelas na página inferior. Há mais de uma dezena de canelas mas a Sassafrás subdivide-se em 3 espécies. Tratamos da primeira e a segunda (Ocotea sassajras Mez.) é uma árvore elegante e grande, de raminhos compridos e verticilados, "com folhas curto-grosso-pecioladas arredondadas ou obtusas na base, suas flores são brancas e perfumadas, e seu fruto tem o tamanho de uma azeitona. Sua madeira é própria para construção civil e naval. A raiz, a casca e a casca do caule são aromáticas e medicinais. Empregadas na terapêutica como anti-reumáticas, sudoríferas, e principalmente diuréticas, sendo que também as folhas e as flores contêm essa propriedade. Encerram um óleo essencial aromático, sendo que o lenho é a parte mais rica em óleo. Porém o óleo das flores e das folhas é mais apropriado para a indústria da perfumaria, por ser mais delicado. A terceira variedade (Phoebe patens, Mez.). também é arbusto com raminhos compridos ferrugíneo-tomentosos enquanto jovens, depois cinzento-fulvos, com folhas oblongas, lanceoladas, até 13cm de comprimento. Sua madeira é mais clara, amarelo-esverdeada. Muito cultivadas no Brasil todas as variedades de canela, principalmente nos Estados de Minas Gerais. Rio de Janeiro e São Paulo. É conhecida também como Louro Sassafrás e Sassafrás do Rio. Todas as espécies de canela são essencialmente medicinais, sendo que, de acordo com as variações, são as suas especialidades no tratamento de várias moléstias.

Parte utilizada: Folhas, óleo essencial, raízes.

Princípios Ativos: Alcalóides, anetole, apiole, asarona, boldina, cariofileno, cinnamolaurina, coniferaldeído, copaeno, elemicina, eugenol, d-felandreno, isoboldina, l-mentona, miristicina, mucilagem, norboldina, alfa-pineno, piperonilacroleina, resina, reticulina, safreno, safrole, d-sesamina, beta-sitosterol, tanino, tujona.

Propriedades medicinais: Anti-reumática, antiespasmódica, antiinflamatória, antimicrobiana, aromática, depurativa, estimulante, tônica.

Indicações: Estimular a circulação, dor reumática, doença gastrintestinal, resfriado, doença renal, anti-séptico dentário, afecção da pele, depurativo, dor artrítica, dor reumática, reumatismo crônico, suporífero.

Contra-indicações/cuidados:Grávida, lactante, criança. O safrole, é agente carcinogênico com efeito inferior ao causado pelo álcool e em altas concentrações é tóxico. O uso externo pode causar reações alérgicas e irritações. O safrole pode causar: dilatação das pupilas, vômito, torpor, colapso, danos hepáticos e renais.

Modo de usar:

- Folhas em saladas cruas.

- Banhos de imersão e saunas úmidas: circulação;

- Cremes e loções: inflamação, infecção, erupção cutânea;

- Loções balsâmicas: dor de picadas de insetos.

Sassafras





Ajude Plantas Que Curam a difundir a saúde pela natureza, divulgando nosso site nas redes sociais.

Nosso site é um serviço oferecido de forma gratuita, mais se caso você desejar contribuir com nosso trabalho, pode fazer uma doação pelo sistema pagseguro do Universo On-line.