Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

CARURÚ DA ANGOLA

Amaranthus flavus.

Descrição : Planta da família das Amaranthaceae, também conhecida como bredo, bredo-rabaça, carurú-crista-de-galo, carurú-do-mato, crista-de-galo.

Planta rasteira, silvestre, considerada invasora e combatida tenazmente, com raízes muito profundas, de caules finos arroxeados e folhas ovais verdes ou verde-violaceas com sabor semelhante ao do espinafre.

As flores verde-palido são espigas axilares que se concentram no ápice da planta. O fruto é uma cápsula pequena, com uma única semente de cor escura.

Há uma outra variedade com sementes Claras, o A. hypohcondriacus que desponta como campeã em valor nutricional.

Partes utilizadas : Folhas e talos.

Habitat: É natural da América Central e do Sul, ocorrendo espontaneamente do Amazonas ao estado do Rio de Janeiro.

História: Tendo sido cultivado pelos astecas, caiu em desuso e agora voltou a receber atenção, especialmente nos EE.UU, através das pesquisas do nutricionista John Robinson; Resultados de pesquisas na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) em Piracicaba-SP entenderam que a planta é uma opção para a produção de grãos, pela sua rusticidade, tolerância a secas, rendimento e elevado teor nutricional.

Propriedades medicinais: Hepático, estomático, diurética (raiz), febrífuga (raiz).

Parte utilizada: Folhas, raiz, talos.

Modo de usar:

- Suco: Tomar algumas colheres de sopa ao dia.

- Salada. Adultos e crianças: Usado cru em saladas, ad libidum. Não deve ser refogado para preservar seus sais minerais.

Caruru de Angola

Dieta  de 21 dias