Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

CARVALHO, A ÁRVORE

 Quercus robur

Descrição : Da família das Fabáceas, é uma árvore frondosa que atinge aproximadamente 20 a 30 metros de altura. Seu tronco forte é coberto por uma casca rugosa e espessa, com flores amareladas e frutos redondos (bolotas).

Existem várias árvores do gênero Quercus, as quais produzem bolotas e de propriedades medicinais bastante semelhantes.

Origem : Originária da Europa

Propriedades : É muito recomendado o chá da casca para os casos de diarreia e na forma de banho para aliviar hemorroidas e fissuras tanto no ânus como no bico do seio.

É indicada em casos de hemorragias, gengivas inflamadas e sangrentas. Usa-se compressas quentes da casca do carvalho para acalmar as dores osteomusculares ou articulares na região cervical.

Princípios Ativos : Ácido pirolágico, catequinas, isopreno, quercetina, quercitrina, catequinas taninos (ácido quicitânico) dentre outros.

Contraindicações/cuidados: O uso externo é contraindicado em peles danificadas e portadores de eczemas graves; o uso interno ou externo em portadores de desordens febris e infecciosas e insuficiência cardíaca. Pode causar irritação da pele.

Parte utilizada: Frutos e casca dos ramos novos, colhidos na primavera, quando a casca é lisa, brilhante, rica em seiva e se separa facilmente da madeira.

Modo de usar:

- Decocção de uma colher de café de casca esmagada por chávena de água.

- uso interno: diarreia Tomar duas a três vezes por dia.

- uso externo banho: frieiras, queimaduras, fissuras, frieiras, hemorroidas, doenças da pele, hemorragias, gengivas inflamadas e sangrentas;

- uso externo compressas quentes: dores osteomuscular, articular cervical decocção de 500 g de casca para 4 litros de água: transpiração excessiva dos pés

Carvalho

Dieta  de 21 dias