Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

CATARIA

Polygonum punctatum

Descrição : Planta da família das Polygonaceae, também conhecida como capetiçoba, catária, pimenta-do-brejo, pimenta-d’água, catala, capiçoba, percicária-do-brasil, petincobe, potincoba, erva-pulgueira; Water smartweed. Planta herbácea anual, de até 1 m de altura, raízes fasciculadas, caule fino, com anéis nodosos riscados de vermelho.

Folhas oblongas lanceoladas, alternas, inteiras, peninervadas, verde, brilhante, às vezes com manchas vermelhas; Flores miúdas em espigas finas, flexíveis e longas, axilares ou terminais, de cor branca ou rosada. O fruto semente é um aquênio pequeno.

Plantio : Reprodução por sementes ou estaquia de galhos em brejos e beiras-de­rio. Toda a planta tem um forte sabor à pimenta.

Partes utilizadas : Partes Aéreas.

Habitat: É natural da Ásia, mas é encontrada em todo o mundo em regiões com muita água; Vegeta espontaneamente em lugares úmidos e brejos de água corrente, em terras secas de transição.

História: Tem tradição na medicina caseira mundial no tratamento de hemorragias; Faz parte da farmacopeia chinesa e homeopática.

Propriedades medicinais: adstringente, antisséptica, cicatrizante, diurética, hipotensora, reumatismo.

Indicações: artrite, erisipela, hemorroida, inflamação, úlcera, vermicida.

Princípios ativos: flavonoides: ramazina, bissultato de ramazina, persicarina (sulfito de isorametina), quercetrina e hiperosideo; Glicosídeo p-cumariólico: hidropiperosideo; Sesquiter­penas: aldeídos sesquiterpénicos (substância pungente), poligoidal (tadeonal) e warburganal; taninos .

Uso na gestação e na amamentação: Contra indicada, emenagoga e abortiva.

Contraindicações: Crianças, na gestação e lactação e também durante o período menstrual. contraindicada, embora seja comum na medicina popular, o uso externo em pruridos e eczemas.

Posologia: Adultos: 10 a 20ml de tintura divididos em 2 ou 3 doses diárias, diluídos em água como tônico circulatório e depurativo das vias urinárias; 2g de planta seca ou 4g de planta fresca (1 colher de sopa para cada xícara de água) de partes aéreas em infuso até 3 vezes ao dia, com intervalos menores que 12hs em uso interno, para todas as indicações; 6g de planta seca ou 12g de planta verde ( 3 colheres de sopa para cada xícara de água) em infuso para compressas em úlceras varicosa, fissuras anais, hemorroidas, eczemas e erisipelas; 30g de planta fresca (15g seca) para 11 de água em banhos contra pruridos e erisipela ou banhos de assento 2 vezes ao dia; 20g de planta fresca (10g seca) para 11 de água para clisteres em hemorroidas e congestão cerebral; Suco das folhas: 3 gotas em água (para febres perniciosas), somadas a disteres.

Precauções: Evitar seu uso em pacientes com distúrbios da coagulação sanguínea.

Efeitos colaterais: Pode ser emenagoga e abortiva.

Superdosagem: Em provas de toxidade, mesmo com o triplo da dose terapêutica indicada, não apareceram sintomas de intoxicação aguda ou subaguda.

Farmacologia: Só foram encontradas referências aos princípios ativos isolados na planta. Não há relatos de estudos clínicas que validem seu uso empírico. Toxicologia: Sem toxidade nas doses recomendadas. Nem em provas específicas.

Cataria

Dieta  de 21 dias