Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

CHÁ DA AMÉRICA

Capraria biflora

Descrição : Da família das Escrofulariáceas. É uma planta variável, tanto pode ser arbustiva ou herbácea, com caule ramoso, até l,50m de altura, ereto, com ramos cilíndricos, alternos, pubescentes ou hirsutos, folhas oblongo lanceoladas agudas, irregularmente serradas, inteiras na base, cuneadas e estreitando para o pecíolo até 8cm de comprimento, peninervadas, sendo a nervura média saliente na página inferior.

Suas flores pediceladas, axilares, geminadas, raramente solitárias ou fasciculadas, brancas, campanuladas e pequenas, com cálice partido, segmentos linear lanceolados, agudos 3, nervados, ligeiramente ciliado serrados; seu fruto é uma cápsula oval oblonga, glabra, contendo sementes escuras oblongo cuneadas, rugosas.

Habitat : Bastante cultivada no Brasil, principalmente nos Estados de Goiás, Minas Gerais, Piauí até o Espírito Santo.

Sinônimos botânicos: No Ceará é conhecida como balsamina, chá-bravo e chá-da-terra. No Pará conhecem-na como chá-de-marajó.

Indicações: Esta planta também é medicinal, sendo que durante muitos anos a infusão de suas folhas substituiu o famoso Chá da Índia e ainda hoje é muitíssimo usado em todo o mundo para esse fim.

Como terapêutico, é excelente remédio para curar as dores do estômago e a dispepsia, muito usada na antiguidade para, associada a outras plantas, servir como febrífuga, diurética, estimulante e digestiva.

Além de medicinal, é planta ornamental e muito cultivada na Europa.

Capraria biflora L. (Scrophulariaceae): uma Revisão - Thiago M. de AQUINO 1, Cláudia S. de A. LIMA 2, Ulysses P. de ALBUQUERQUE 3 & Elba L.C. de AMORIM.

Chá da América


Dieta  de 21 dias