Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

CORONILHA

Scutia buxifolia

Descrição : Da família das Ramnáceas. Ê uma árvore pequena, ou mesmo um arbusto, de caule reto, medindo até 6m de altura e 50cm de diâmetro, muito frondoso.

Sua casca é avermelhada, fina, decídua em camadas relativamente espessas, seus ramos eretos, quadrangulares enquanto nova, frequentemente opostos, com grandes espinhos de até 4cm de comprimento.

Suas folhas subpostas ou alternas, elípticas ou oval-lanceoladas, agudas ou obtusas, peninervadas, inteiras ou, às vezes, serradas e com um dente no ápice, coriáceas, verde-escuro; suas flores são esverdeadas, curto pedunculadas, pequenas e dispostas em fascículos de 2 e 3; tem ovário subgloboso e o seu fruto é uma drupa globosa, esverdeada, de 2 a 3mm de diâmetro, contendo sementes compridas, discoides.

Fornece finíssima espécie de madeira, violácea ou avermelhada, muito elástica, considerada impenetrável pelos insetos, principalmente o cerne; é homogênea, porém racha durante a secagem.

É usada para obras de esteio, torno, marcenaria, lenha, carvão e trabalhos expostos.

É medicinal, pois sua casca contém matéria tintorial e dela se faz também certa tintura recomendada como tônico do coração.

As folhas são alimento predileto da lagarta da grande mariposa Morpho catenarius ( borboleta-da-coronilha ). Os frutos também contêm matéria tintorial. Existem outras variedades como a acutifólia, arenícola e obtusifólia.

Morpho catenarius

Vegeta em qualquer tipo de terreno, tanto fértil como árido e até entre as rochas. Muito conhecida no Brasil, principalmente nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Principalmente no Rio Grande do Sul, onde sua vegetação é intensíssima. Conhecida também como espinho-de-touro.

Origem : Espécie nativa das matas do sul da América do Sul

Propriedades : Tônico cardíaco

Indicação : Diurética, hipotensora. Tintura das cascas é usada como tônico cardíaco. As cascas e as folhas são usadas como diuréticas e hipotensoras.

Plantio : Propagação por sementes, mudas feitas nos viveiros para depois ir a campo. Preferir no outono inverno para realizar o plantio. Mudas devem ser tutoradas. Florescimento, de outubro a janeiro dependendo da região do estado.

Coronilha

Dieta  de 21 dias