Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

PROPRIEDADES DO CUPUAÇÚ

Theobroma grandiflorum

Descrição : É uma árvore de pequeno porte, ciclo anual, que alcança até 8m de altura (nos indivíduos cultivados) e de porte médio, alcançando até 18m de altura (nos indivíduos silvestres, na mata alta).

O tronco geralmente é reto com a casca de cor marrom escura, fissurada, ramificação tricotônica, ramos superiores ascendentes, os inferiores horizontais, ambos com ritidoma esfoliado.

As folhas são simples, inteiras, subcoriáceas, com até 35cm de comprimento por até 10cm de largura.

Lâmina oblonga ou oblonga-obovada, atenuada, ápice abrupto acuminado, com base obtusa ou arredondada, glabra, de cor verde e sub-brilhosa na face superior, e verde glauco ou roseo-pálido face inferior, com delicado revestimento de pelos estrelados; nervuras laterais, acentuadamente dirigidos para o ápice do limbo, o par inferior em ângulo mais agudo; nervuras terciárias transversais e subparalelas.

As flores são grandes, vermelho escuras, dispostas em cachos de até 5 flores ou mais, brotando dos galhos tomentosos.

Pedúnculos curtos, espessos, com 3 bractéolas estreito lineares; cálices com 5 pétalas cada um.

O fruto é uma baga de forma elipsoide ou oblonga, com as extremidades obtusas ou arredondadas, que lembra o fruto do cacau, apresentando uma coloração castanho escura aveludada, medindo até 24cm de comprimento por 12cm de diâmetro, pesando até 1,5kg, e com cerca de 50 sementes, superpostas em 5 fileiras verticais, cada semente envolvida por copiosa polpa branca amarelada, mucilaginosa, de sabor acidulado e cheiro característico, agradável.

A casca do fruto é dura e lenhosa, mas facilmente quebrável. Na maturação os frutos caem sem o pedúnculo, ocasião em que exala o cheiro característico.

Cupuaçu

Origem : Brasil. É espécie nativa do Estado do Pará, onde pode ser ainda encontrado em estado silvestre na mata virgem alta de várias localidades do Estado. É frequente o cultivo dessa espécie em quase toda a Amazônia, aí incluída a parte nordeste do Estado do Maranhão. Fora do Brasil, é cultivado também em alguns países tropicais da América do Sul e Central tais como a Venezuela, Equador, Colômbia e Costa Rica.

Princípios Ativo : A polpa contém fósforo e vitamina C. As sementes apresentam por volta de 60% de gordura, com alto coeficiente de digestibilidade, como as do cacau, tendo a vantagem de não conter cafeína.

Modo de Usar : As sementes de cupuaçu, sem a polpa e sem adição de água, são postas a fermentar.

Após 24 horas se adiciona uma solução de açúcar a 30% na proporção de 1% de solução com relação ao peso do material; a solução deve estar a 38%.

Após 48 horas de iniciar a fermentação, nova solução de açúcar é adicionada na mesma concentração e temperatura, devendo-se revolver as sementes duas vezes por dia.

A fermentação termina no quinto ou sétimo dia, onde as sementes são lavadas, secas ao sol, torradas a 180º C, descascadas estando prontas para serem transformadas em chocolate em pó.

Uma parte das amêndoas deve ser prensada para a obtenção da manteiga de cupuaçu, que será utilizada na formulação das massas para o preparo dos tabletes; a torta restante é moída e adicionando 10% de açúcar comum em relação ao peso final, produz-se o "cupulate em pó".

VEJA TAMBÉM EM NOSOS SITE :

Receita Caseira de Suco de Cupuaçu.

Dica Culinária : A polpa do cupuaçú, de sabor ácido e aroma forte, é muito apreciada ao natural ou em forma de sorvetes, licores, vinhos, compotas, doces, sucos e geleias.

As sementes, devidamente preparadas, dão um bom chocolate (Cupolate, melhor dizendo) e a gordura pode ser transformada em manteiga de cacau.


Dieta  de 21 dias