Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

ERVA DE SANTO ANTÔNIO

Justicia pectoralis

Descrição : Planta da família das Acanthaceae.

Também conhecida como anador, cerebril, chambá, carpinteiro, peristrofe, pingo-de-ouro, trevo-do-pará, trevo-cumarú.

Planta de porte herbácea subereta com até 40cm de altura.

Folhas membranáceas simples, oblongo agudas ou alongadas; Flores minúsculas em longas cimeiras.

Os frutos são cápsulas deiscentes; Toda a Planta, após o corte, exala forte aroma de cumani; A principal característica do Chamba e o fato de formar "motes" arredondadas, diferentemente de outras espécies da região que recebem o mesmo nome, mas que se espalham como gramínea.

Reproduz-se facilmente por estaquia.

Parte utilizada: Folhas, ramos.

Habitat: Ocorre na região amazônica, sendo cultivada em hortas, especialmente no nordeste.

História: As folhas do Chamba, na Amazônia, são usadas em rituais indígenas, com outras espécies também alucinógenas, para confecção de rapes, que são inalados. É usado na medicina popular em varias regiões brasileiras.

Princípios Ativos: 2"-O-rhamnosil-swertiajaponina, ácido alfa-aminobutírico, ácidos palmítico, alanina, alcaloides indólicos, aminoácidos fosfoserina, asparagina, betaína, b-sisterol, cumarinas, esteárico, esteróis, fenilalanina, flavonoides, glicina,, hidroxifenil propiônicohidroxiprolina, leucina, lignanos (naftalido lignano, justicidina B), mucilagens, N-metiltriptamina, N,N-dimetiltriptamina, óleo essencial, ornitina, prolina, isoleucina, lisina, saponinas, serina, swertiajaponina, swertisina, treonina, umbeliferona, valina, vascina; Em algumas variedades foi encontrado: ácido salicílico, álcool alifático, aminas aromáticas, esteróis, quempferol, triptaminas.

Propriedades medicinais: Adstringente, analgésica, antibacteriana, anti-inflamatória, afrodisíaca, antirreumática, anti-hemorrágica das vias urinárias, béquica, broncodilatadora, cicatrizante, catamenial, expectorante, febrífuga, peitoral, relaxante da musculatura lisa, sedante nervoso, sedativa, tranquilizante.

Indicações: Afecção nervosa, afta, dermatite, catarro bronquial, corte, ferida, fígado, gastralgia, gogo de aves, gota, insônia, vias respiratórias.

Erva de Santo Antonio

Contraindicações/cuidados: Alucinógeno em doses elevadas.

Precauções: Usar as doses terapêuticas indicadas. Em caso da secagem da planta, isto devera ser feito com total atenção - quando a planta não é bem desidratada, leva a formação de certos fungos que podem transformar a cumarina, quimicamente, em um agente hemorrágico; Seus nomes populares, criados a partir do efeito que a planta produz no organismo, falam por si só; Um grande pesquisador desta espécie é o Prof. Abreu Matos da U.F Ceará.

Modo de usar: Uso interno: infusão, decocção e sumo. Uso externo: suco e decocção (banhos). O arilo das sementes combate o gogo de aves.

Posologia: Adultos: 2g de erva seca ou 4g de erva fresca (1 colher de sopa para cada xícara de água) de partes aéreas em decocto até 3 vezes ao dia, com intervalos menores que 12hs. Suco: preferencialmente centrifugado, 1 copo 2 vezes ao dia. O suco também pode ser usado como banho e compressa.

VEJA TAMBÉM EM NOSSO SITE :

Receita Caseira de Chá do Chambá.

Xarope caseiro simples do chambá.

Xarope caseiro do chambá com malvarisco.

Xarope caseiro simples do guaco.

Formulação caseira do chambá com mel


Dieta  de 21 dias