Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

PARA QUE SERVE A ESPIRULINA

Spirulina maxima

Descrição: Planta da família das Cyanophyceae, também conhecida como espirulina, microalga. Spirulina.

Parte utilizada: Microalga inteira.

Princípios Ativos: Proteína (65%), aminoácidos essenciais (30%); minerais quelados (ferro, cálcio, zinco, potássio e magnésio); vitaminas (biotina, cianocobalamina, pantotenato de cálcio, ácido fólico, inositol, ácido nicotínico, piridoxina, riboflavina, tiamina e tocoferol); ácidos graxos (em especial o ácido gamalinolênico (GLA)); carotenóides (como o beta-caroteno), fenilalanina, clorofila, ácidos fenólicos, inositol.

Propriedades medicinais: Adelgaçadora, analgésica, anticolesterol, anti-inflamatória, antioxidante, antiviral, cicatrizante, citostática, lipolítica, nutritiva, queratolítica, refrescante, rejuvenescedora, remineralizante, revigorante, revitalizante, tônica.

Notas: A Spirulina maxima é uma alga unicelular com células grandes, identificada nas rochas sedimentares com 3,5 bilhões de anos. e que cresce em águas alcalinas ricas em minerais, como no lago Tschad, na África e em formações lacustres próximas ao lago Texcoco, no México. Contém clorofila A, carotenóides e pigmentos azuis (ficocianinas). Pertence ao grupo das algas verde azuladas ou cianobactérias.

Possui alto índice de digestibilidade com uma absorção de 85%. É uma microalga excepcional, a mais rica fonte de proteínas do reino vegetal, rica também em clorofila, minerais. Deve ser consumida, de 15 a 30 minutos antes das refeições, por crianças, idosos e por quem come pouca verdura crua.

Espirulina é um complemento dietético, proteico e vitamínico com propriedades farmacológicas. Atua como supressor do apetite devido a presença de fenilalanina, que atua sobre o centro do apetite.

Quando ingerida com o estômago vazio reveste suas paredes, produzindo uma sensação de saciedade, que induz a pessoa a comer menos. Pode, portanto, auxiliar no tratamento da obesidade, sem perdas nutricionais.

A vitamina B12 evita transtornos no sistema nervoso e anemias provocadas por dieta vegetariana desbalanceada ou carencial. A biotina e ferridoxina auxiliam na eliminação de CO2, impedindo a formação de ácido pirúvico e ácido lático (originários da decomposição dos açúcares em ausência de oxigênio); situação comum em exercícios físicos prolongados.

Deve ser usado como auxiliar na dieta dos atletas, evitando câimbras e fadiga muscular. Segundo Frei Toribo de Bonavente, em 1524, os Astecas preparavam um caldo de Spirulina que era adicionando a tudo o que comiam. Segundo pesquisas no Japão, França e EUA, é uma das maiores descobertas no campo da alimentação naturalista deste século.

Espirulina

Indicações: Complemento alimentar, dieta de emagrecimento, fadiga, artrite, prevenir doenças cardiovasculares, hipertenso, mulher com TPM, AIDS, cancro, acelerar a produção de anticorpos, repor flora intestinal (lactobaccillus); anemia, envenenamento, imunodeficiência.

Contraindicações/cuidados: Não pode ser consumida por pessoas com fenilcetonúria. Não é indicada para gestantes, nutrizes e crianças. Existem relatos de que o consumo de Spirulina pode causar náuseas, vômitos ou diarreia.

Entrevista, legendada em português, com o Dr. David Servan-Schreiber, autor do livro Anticâncer que vendeu mais de um milhão de exemplares em 26 países.

Modo de usar:

- Cápsulas, 2 a 3 por dia, antes das refeições. Crianças: metade da dose.

- Loção, máscara facial, creme remineralizante; creme rejuvenescedor.

- Banhos: cansaço, dor muscular;

- Cataplasma : celulite, gordura localizada;

- Sabonete líquido ou em barra: revigorar e nutrir a pele;

- Pomada: reduzir marcas de cicatrizes, impedindo formação de queloides, acelerar o processo de cicatrização da pele;

- Shampoo e máscara de tratamento capilar: cabelos normais, devolver maciez e nutrir os fios.


Dieta  de 21 dias