Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

FAMBOESEIRO

Rubus Idaeus

Descrição: Planta da família das Rosaceae, conhecida na antiguidade clássica como o ajudante dos partos, a folha de framboeseiro perece atuar sobre o útero, relaxando o colo e tonificando os músculos que se contraem durante o parto.

Estudos recentes indicam que é um remédio seguro que encurta o trabalho de parto e reduz a possibilidade do uso de fórceps.

Possui um corante vermelho, que pode ser usado para preparação de tinturas. (TAVARES, 108)

Partes utilizadas: folhas.

Origem : Europa (CAMPOS,77)

Indicações: auxiliar na preparação para o parto, antidiarreico e adstringente.

Princípios Ativos : ácido málico e cítrico, pectina e antocianinas.(CAMPOS,77)

FAMBOESEIRO - Rubus Idaeus

Modo de Usar

Para auxiliar na preparação para o parto - Tome a folha do framboeseiro em tisana ou cápsulas, todos os dias, nos últimos três meses de gravidez e abundantemente durante o parto, para f acilitar as contrações.

Fluxo Menstrual Abundante - A folha do framboeseiro pode ajudar a controlar fluxos menstruais abundantes, conjugando-se bem com o milefólio para reduzir as hemorragias. Às vezes, é tomada para aliviar os sintomas pré-menstruais e as dore menstruais.

Outros Usos - Uma infusão de folas tem efeito suave e eficaz na dierética e no controle dos intestinos das crianças, nas dores de garganta e nos olhos doloridos como loção.

contraindicação : Não deve ser tomado no primeiro três meses de gravidez e nos últimos três meses deve ser tomado com cuidado, através dos conselhos de seu médico.

Bibliografia :

CAMPOS, Nicete., Aprendendo com a mãe terra: plantas medicinais, aromáticas e condimentares., Arte & Ciência, 2006

TAVARES, Ana Cristina, Mónica R. Zuzarte, Lígia R. Salgueiro., Plantas aromáticas e medicinais: escola médica do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, 2ª Edição., 2010.


Dieta  de 21 dias