Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

GROSELHA NEGRA

Ribes nigrum

Descrição : Planta da família das Glossulariaceae. É um pequeno arbusto cultivado em muitos jardins. Pertence à família das Groselheiras (Ribesiáceas).

Suas folhas são recortadas; seus frutos em cachos negros são muito conhecidos.

As folhas têm propriedades diuréticas e ação antirreumática; o fruto é alimentício, rico em vitaminas C e D.

O sabor fresco e ácido da groselha negra sugere o seu alto teor de vitamina C e acentuada ação antioxidante. O fruto, o sumo e os extractos são, há muito, dados às crianças para as proteger de constipações e infecções na garganta e pensa-se que têm uma ação anti-inflamatória e antiviral significativa

Parte utilizada: Folhas, raízes, frutos, casca, baga, sementes.

Princípios Ativos: acetaldeído, ácido acético, alfa-alanina, ácido caféico, ácido clorogênico, ácido cítrico, ácido ferúlico, ácido fórmico, ácido-gama-linolênico, ácido glutâmico, ácido-alfa-linolênico, ácido linoleico, ácido oleico, ácido oxálico, ácido p-cumárico, ácido palmítico, ácido pantotênico, alfa-pineno, ácido quínico, alfa-terpineno, alfa-terpineol, alfa-tocoferol, antocianinas, arginina, arsênico, ácido aspártico, ácido esteárico, betacaroteno, betapineno, betafelandreno, canfeno, carifileno, cianidina, catequina, delfinidina, ferro, frutose, geraniol, glucose, glutamina, humuleno, isoleucina, isoquercitrina, kaempferol, leucina, limoneno, linalol, luteína, mirceno, pectina, quercetina, riboflavina, rutina, sucrose, taninos , terpineno, vitamina B6, C.

Groselha

Propriedades medicinais: Anti-hemorroidal, antirreumática, antidiarreica, antigripal, anti-inflamatória, antilítica, antitussígena, digestiva, diurética, febrífuga, hipotensona, sudorífera, vasoprotetora, vulnerária.

Indicações:

Infecção, gripe, resfriado, diarreia, digestão, hipertensão, edema, dor reumática, tosse, aumentar a atividade do sistema nervoso, febre, cálculos, edema, hemorróidas, cortes, abscesso.

Sistema imunológico : Podem tomar-se regularmente o sumo ou o extracto de groselheira negra para manter a resistência a infecções virais, incluindo constipações, gripes e vesículas de herpes. Também pode acelerar a recuperação de infecções. Evite os concentrados açucarados.

Alergias e inflamações crônicas : Pensa-se que os botões favorecem a atividade das glândulas suprarrenais, sendo prescritos para problemas alérgicos e inflamatórios como a asma. O óleo da semente, que tem níveis elevados de ácidos gordos essenciais (AGE) ómega-6 com propriedades semelhantes às do óleo de onagra, pode ser tomado para controlar a inflamação cm problemas como a artrite reumatoide e a esclerose múltipla.

Tônico circulatório : Com níveis elevados de antocianinas antioxidantes, o fruto e a folha podem ser tomados a longo prazo para fortalecer a circulação, incluindo os capilares. Pode toma-se o suco ou o extracto diariamente vários meses para ajudar a melhorar problemas circulatórios como a fragilidade capilar e as varizes.

Contraindicações/cuidados:

As folhas são contra indicadas para pessoas com redução da atividade cardíaca ou renal. Não utilizar na gravidez.

Modo de usar:

- Suco dos frutos frescos ou embalados.

- Infusão de 60 g de folhas em um litro de água: hipertensão, edema, dor reumática, tosse, diurética, anti-inflamatória. Tomar 200 ml 3 vezes ao dia;

- Raízes em infusão: febre. - casca em decocção: cálculos, edema, hemorróidas. - Uso externo em compressas: cortes, abscesso.

As folhas da cássida são empregadas sob a forma de infusão a 5% (meio litro por dia) ou sob a forma de extrato fluido (uma colher de café antes das principais refeições). Contra o reumatismo crônico recomenda-se uma combinação de plantas, considerada bastante eficaz: lOOg de folhas de cássida, 50g de folhas de freixo e 50g de flores de barba-de-bode.

Adiciona-se uma colher de sopa da beberagem assim preparada em uma xícara de água fervente, sendo essa a dose recomendada. A infusão da folha da cássida, que é muito perfumada, possui propriedades digestivas comprovadas.

As folhas de cássida, maceradas em mistura com vinho branco, levemente açucarado, constituem aperitivo e tônico a ser tomado antes das refeições. A cássida ainda serve para o fabrico de um licor especial, produzido pelos vinhateiros da França e da Espanha, mas que se pode imitar em casa.

A receita mais conhecida consiste em macerar frutos de cássida e aguardente, com iguais pesos, acrescentando-se a seguir aguardente de cássida e açúcar, e está pronto o licor.

O pão embebido em tal licor é um alimento delicioso, porém embriaga facilmente


Dieta  de 21 dias