Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

GRUMIXAMA

Eugenia brasiliensis

Descrição : Planta da família das Myrtaceae, também conhecida como grumichameira, grumixaba, grumixameira, ibaporoiti. É uma árvore ameaçada de extinção, que pode atingir até 15 metros de altura. Seus frutos chegam a 2,5 centímetros, negros, amarelos ou vermelhos (conforme a variedade), arredondados mas fortemente comprimidos nos polos, com cálice persistente. Polpa espessa, de cor clara, suculenta e doce, que derrete na boca, lembrando o sabor das mais doces cerejas. A árvore, quando cultivada, atinge um tamanho de 6-7 m de altura. Suas folhas espessas, de um verde profundo, aliadas às abundantes flores brancas e à folhagem jovem avermelhada, lhe conferem um aspecto ornamental, aliado a sua característica de árvore frutífera.

Cultivo : Climas tropicais e subtropicais, em solos ricos em matéria orgânica, com capacidade de retenção de umidade. Pode ser cultivada a sol pleno ou meia sombra.

Origem : Brasil, Mata Atlântica costeira desde o sul da Bahia até Santa Catarina.

Propriedades medicinais: Adstringente, aperiente, aromática, diurética, energizante, revitalizante.

Indicações: Reumatismo.

Anatomia foliar de Eugenia brasiliensis Lam. (Myrtaceae) proveniente de áreas de restinga e de floresta.

Morton, J. 1987. Grumichama. p. 390–391. In: Fruits of warm climates. Julia F. Morton, Miami, FL.

Guamixama