Plantas Que Curam - O seu guia de Plantas Medicinais na Internet

PARA QUE SERVE A GUAÇATONGA

Casearia sylvestris

Descrição : Da família das Flacurtiáceas. Árvore com 10 a 20 m de altura, de tronco tortuoso, com casca de coloração acinzentada a acastanhada, rugosa e com pequenas fendas superficiais. Folhas alternas, simples, lanceoladas até ovaladas ou elípticas. Flores numerosas, branco-esverdeadas ou amareladas. Seu fruto é uma cápsula vermelha quando madura, possui de 2 a 6 sementes envoltas em arilo lanoso, amarelo e comestível. É também conhecida como chá-de-bugre, cafeeiro-do-mato, erva-de-bugre, guassatonga, guassatunga. No Brasil, é encontrado desde a Bahia até o Rio Grande do Sul. Reproduz-se por sementes e não tem exigências quanto ao solo e o clima. As folhas devem ser colhidas em agosto ou no início da primavera, quando começa a floração.

Também conhecida como apiá-acanoçu, bugru-branco, baga-de-pomba, bugre-branco, café-bravo, café-de-frade, café-do-brejo, café-do-diabo, cafezeiro-bravo, cafezeiro-do-mato, cafezinho-do-mato, caimbim, cambroé, caroba, carvalhinho, chá-de-bugre, chá-de-frade, chá-de-são-gonçalinho, chalé-de-frade, erva-da-pontada, erva-de-pontada, erva-de-bugre, erva-de-guaçatunga-falsa, erva-de-lagarto, erva-de-teiú, estralador, fruta-de-saíra, gaibim, gaimbim, guaçatunga, guaçatunga-branca, guaçatunga-falsa, guaçatunga-preta, guaçutonga, guaçutunga, guassatonga, língua-de-lagarto, língua-de-tiú, marmelada-vermellha, marmelinho-do-campo, paratudo, pau-de-bugre, pau-de-lagarto, pau-de-lagarto, petumba, pioia, pióia, pitumba-de-folha-miúda, pombeiro, quacitunga, vaçatonga, saritã, uassatonga, vacatunga, varre-forno, vassatunga, vassitonga.

Modo de conservar : As folhas devem ser utilizadas frescas ou secas ao sol e guardadas em sacos de papel ou de pano. As folhas podem ser trituradas e reduzidas a pó.

Origem : América tropical, desde o México até a Argentina. Vegeta em abundância no Brasil todo, sendo uma espécie muito comum no estado de São Paulo.

Propriedades : Febrífugo, depurativo, anti-diarréico, cardiotônico, diurético,

Indicações : É usada em forma de chá forte, concentrado, para cicatrizar feridas e como emplasto nas lesões por picada de cobra. Tem efeito anestesiante e cicatrizante nas feridas da pele e da mucosa.

Guaçatonga

Principios Ativos : Flavonas, óleos essenciais e saponinas, taninos, resinas, antocianosídeos

Parte utilizada: Folhas, cascas, raízes.

Contra-indicações/cuidados: não deve ser usada durante a gravidez (é abortiva) e lactação. Tem baixa toxidade. A DL50 em ratos foi estimada em 1792 g do extrato seco/kg

Modo de usar: - suco ou decocção das folhas. Uso interno e externo. - infusão ou decocção a 5%, 50 a 200 ml/dia; - infusão de 10 g de folhas frescas ou secas em 200 ml de água quente. Esfriar e aplicar com algodão sobre o ferimentos. Tomar 2 xícaras por dia da infusão para úlceras e problemas digestivos. - compressa: ferver durante 10 minutos 30 g de folhas de guaçatonga com 10 g de folhas de confrei em 1 litro de água. Coar e aplicar compressas sobre eczemas; - extrato fluido: 2 a 10 ml/dia; - tintura: 10 a 50 ml/dia; - elixir, xarope e vinho: 20 a 100 ml/dia; - alcolatura: macerar por 5 dias 20 g de folhas em ½ copo de álcool neutro. Coar e aplicar topicamente (picada de insetos). O preparado deve ser mantido em locais frescos e em frasco escuro; - uso interno: extrato seco 57,5 mg/kg. Decocto 2 colheres de sopa em 1 a 2 xícaras de água 2 vezes o dia; - xarope: 10 a 40 ml/dia; - uso externo: tintura aplicar no local da picada. Decocto a 5% para eczemas; - óleo da planta:vermes.

Halitose, mau hálito; gastrites; úlceras internas : em 1 xícara de chá, coloque 1 colher de sobremesa de folhas frescas fatiadas e adicione água fervente. Abafe por 10 minutos e coe. Tome 1 xícara de chá, 10 minutos antes das principais refeições.

Gastrites; úlceras internas : coloque 2 colhres de sopa de folhas secas picadas em 1 xícara de chá de ácoll de cereias a 60%. Deixe em maceraçào por 5 dias e coe em um pano. Tome 1 colher de café diluído em um pouco de água, 10 minutos antes das [rincipais refeições.

Escaras; feridas; úlceras varicosas; picadas de insetos : coloque 3 colheres de sopa de folhas secas picadas em 1/2 litros de água em fervura. DEixe ferver por 10 minutos e coe. aplique nas partes afetadas, com um chumaço de algodão, de 2 a 3 vezes ao dia.

Herpes labial; herpes genital : coloque 2 colheres de sopa de folhas picadas em 1 copo de ága em fervura. Desligue o fogo, espere esfriar e coe emum pano. Aplique nas partes afetadas, com um chumaço de algodão. No caso de herpes genital, faça banho de assento.

Gengivite; estomatite; aftas; feridas na boca: em um pilão, coloque 2 colhres de sopa de folhas frescas, 1 colher de sopa de glicerina e 2 colheres de sopa de álcool. Amasse bem e coe em uma peneira fina. aplique na parte afetada, com um chumaço de a;godão, de 2 a 3 vezes ao dia.




Ajude Plantas Que Curam a difundir a saúde pela natureza, divulgando nosso site nas redes sociais.

Nosso site é um serviço oferecido de forma gratuita, mais se caso você desejar contribuir com nosso trabalho, pode fazer uma doação pelo sistema pagseguro do Universo On-line.