Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

VEJA OS BENEFÍCIOS DO CHÁ DE HABÚ

Cassia torosa

Essa planta de origem asiática, muito utilizada na medicina popular é muito indicada em gasos de gases intestinais.

Descrição : Planta da família das Fabaceae.

Parte utilizada: Sementes.

Origem : Japão.

Indicações: Gases, histeria, anemia, fraqueza, resfriado, purificar e desintoxicar o sangue, desinfeccionar o aparelho digestivo, controlar a fermentação dos intestinos, prisão de ventre, aumentar o movimento peristáltico intestinal.

Propriedades medicinais: Depurativo, diurético, estimulante geral do metabolismo, hipotensor

História: os índios misquitos da Nicarágua usam a decocção da planta fresca para dores em geral, dores menstruais e uterinas, e para constipações em bebês.

A espécie C. oceidentalis tem uma longa história de uso pelos indígenas e indianas para febre, malária, problemas hepáticos, sarna e doenças de pele.

Modo de usar:

- Chá das sementes, bem forte e amargo, tostado e cru: flatulência; tomar nas principais refeições.(BARBOSA,62)

- Decocção: ferver 2 copos de água e então adicionar uma colher das de sopa de sementes. Deixe no fogo até que a água estiver pela metade. desligue o fogo e deixe esfriar para beber: intestino preso;

- Decocção normal: ferver 2 copos de água e então adicionar uma colher das de chá de sementes. Deixe em fogo brando por mais 3 minutos. Desligue o fogo e deixe esfriar para beber 1 xícara nas principais refeições.

Aspectos químicos, biológicos e etnofarmacológicos do gênero Cassia. Scielo

Habu

Propriedades Químicas: 1,8-di-hidroxi-antraqinona (Costa), xantonas (Wader e Kudav), ácidos cáprico, mirístico, palmítico, esteárico e oléico (Alencar ET al. apud 120), emodina (294), glicosídeos antraquinônicos, alcalóides e glicosídeos cianogênicos, rabarbarina, ácido crisofânico (379).

Bibliografia :

Ademir BARBOSA Júnior., Guia Prático de Plantas Medicinais - Universo dos Livros Editora, 2005

STASI, Luiz Claudio Di e Clélia Akiko Hiruma Lima Plantas medicinais na Amazônia e na Mata Atlântica 2- edição, revista e ampliada 2002 Editora UNESP

Sinonímia Botânica:

Cassia corymbosa Lam.,

Adipera corymbosa (Lam.) Britton & Rose,

Cassia crassifolia Ortega, Cassia falcata Dum.,

Chamaefistula corymbosa (Lam.) G. Don.,

Cassia tora;

Senna corymbosa (Lam.) H.S. Irwin & Barneby;

Cassia torosa Lloydia.

Dieta  de 21 dias