Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

HENA

Lawsonia inermis

Essa planta é mais conhecida por ser uma tintura para tingir cabelos e fazer atuagens provisórias, mais possui propriedades medicinais.

Descrição : Planta da família das Lythraceae, também conhecida como alfena (Árabe), hennê (Inglaterra), henné (francês), mendhi (Paquistão). A hena é uma espécie de arbusto alto, que cresce em climas secos e áridos.

Parte utilizada: Folhas, flores.

Princípios Ativos: Ácidos gálicos, ácido henotânico, apigenina, cumarinas, henosídeos, luteolina, lawsona, manitol, mucilagem, resinas, sitosterol, taninos , triterpenos, xantonas.

Propriedades medicinais: Absorvente de radiação ultravioleta, adstringente, antisséptica, anti-inflamatória, bactericida, béquica, corante, desodorante, emenagoga, estimulante, sedativa.

Indicações: Dermatose, dor de cabeça, dor estomacal, herpes, histeria, infecção nos órgãos genitais, lepra, leucorreia, mialgia, oftalmia, proteger a pele dos raios ultravioleta, tumor, reumatismo.

Modo de usar: Chá das folhas e flores.

Hena

O corante : A hena é um corante muito usado no Chifre e no Norte de África e também no Sul da Ásia, para colorir cabelos castanhos, castanho-avermelhado, vermelho, baio ou laranja ou para tatuar as mãos e o corpo.

A tatuagem é temporária e desaparece depois de uma semana.

Extraído da casca e das folhas secas, onde a planta é moída e colocada para secar, o corante tem cor castanho-avermelhada e chega a ser comercializado pela indústria de cosméticos.

Bibliografia :

CAVALCANTI, Geraldo Holanda - O Cântico dos Cânticos: um ensaio de interpretação através de suas traduções - EdUSP, 2005

Coleção Beleza., O guia da tatuagem: Tudo o que você precisa saber - LeBooks Editora, 2015

"Tatuagens de henna negra" Aviso sobre possíveis problemas, no site da Infarmed, Autoridade Nacional de Medicamentos e Produtos de Saúde de Portugal acessado em 27 de abril de 2017.


Dieta  de 21 dias