Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

HORTELÃ-RASTEIRO

Mentha crispa

Essa planta da família das mentas, tem seu nome derivado de uma deusa latina e indicada no combate de vermes.

Descrição : Planta da família das Lamiaceae. Erva rasteira com folhas crespas (1), o nome deriva da deusa latina Ninfa, filha de Cocilus, que foi amante de Plutão.(FELIPPE)

Partes Utilizadas : folhas e sumidades florais.(DINIZ)

Propriedades medicinais: antisséptico, aromática (MATOS), digestivo, antiespasmódico, estomáquica, expectorante.

Princípios Ativos : Menthol (BUNN).

Indicações: tem acentuada ação digestiva e tônica (GONÇALVES), na fitoterapia brasileira é industrializada como vermífugo e expectorante (ALMEIDA), combate infecções de origem gastrointestinais.

Posologia : Tomar de três ou quatro vezes ao dia.(DINIZ)

VEJA TAMBÉM EM NOSSO SITE :

Formulação Caseira do Pó da Hortelã rasteira.

Bibliografia :

1 - Livro verde das plantas medicinais e industriais do Brasil: Descrição das plantas medicinais, industriais, comestiveis, tóxicas e venenosas; suas curiosidades históricas e lendas, Volume 2. Veloso, 1965

ALMEIDA, Mara Zélia de., Plantas Medicinais, SciELO - EDUFBA, 2003.

BUNN, Karl., Glossário da Medicina Oculta de Samael Aun Weor., Editora Samael Aun Weor, 2012.

DINIZ, Roseane Costa., MANUAL DE MEDICINA INTEGRATIVA MEMENTO FITOTERÁPICO - Revolução eBook, 2015

GONÇALVES, Paulo Eiró., Livro dos Alimentos - 2,Edição, MG Editores, 1992.

FELIPPE, Gil., No Rastro de Afrodite – Plantas Afrodisíacas e Culinária - Atelie Editorial, 2005.

MATOS, Francisco José de Abreu., Farmácias vivas: sistema de utilização de plantas medicinais projetado para pequenas comunidades - Editora UFC, 2002.

Hortelã
Hortelã- folhas Hortelã - ervas Hortelã - planta

Dieta  de 21 dias