Plantas Que Curam - O seu guia de Plantas Medicinais na Internet

LÁGRIMA DE NOSSA SENHORA

Coix lacryma-jobi

Essa Planta é muito famosa porque suas sementes são usadas como ornamento, principalmente em rituais religiosos para a confecção de rosdários e guias de santo.

Descrição : Planta da família das Poaceae. Também conhecida como capiá, capim-de-nossa-senhora, capim-de-contas, capim-miçanga, capim-missanga, capim-rosário, conta-de-lágrimas, contas-de-nossa-senhora, contas, lágrimas-de-jó, lágrimas-de-cristo, lágrimas-de-São-Pedro. Planta de porte herbáceo, semelhante morfologicamente ao milho, porêm de menor porte; Os frutos são cariopses brancas, cinzas, cor-de-chumbo, amarron-zadas, lustrosas, muito duras, com polpa amilacea branca, dp tamanho de ervilhas.

Parte utilizada: Folhas, rizoma, sementes (sem o envoltório rígido).

Habitat: É nativa da América do Sul. Aparece em todo o Brasil, nas baixadas úmidas.

História: É usado pela população indígena como ornamento, e na cultura afro-brasileira também como ornamento. Também é empregada como planta medicinal pelos caboclos.

Princípios Ativos: Ácidos graxos, ácido mirístico, alpha e beta sitosterol, arginina, beta-caroteno, coixans A e B, coixenólido, coixol, histidina, leucina, lisina, proteínas, sais minerais (cálcio, fósforo, ferro), tirosina, riboflavina, niacina.

Propriedades medicinais:

- frutos: antileucorréico, antidiarréico, analéptico, tônico, depurativo, emoliente, anti-hidrópico, muito diurético, nutritivo.

- folhas e colmos (uso externo:) anti-reumático, excitante; (uso interno:) antiasmático, diurético.

Indicações: Abcesso pulmonar, acrodinia, afecções catarrais, apendicite, beribéri, disúria, edema, enterite crônica, espasmos musculares, espasmos bronquiais, excitação nervosa, febres, fortalecer, inchaço, hiperglicemia, litíases urinárias, lombalgia, males dos rins, pneumonia lombar, reumatismo.

Lágrima de Nossa Senhora

Uso pediátrico: As mesmas indicações possíveis.

Uso na gestação e na amamentação: Contra-indicada.

Contra-indicações/cuidados: não deve ser usada por gestantes e nutrizes. Não fazer uso prolongado.

Efeitos colaterais: paralisia motora e depressão respiratória, podendo levar à morte.

Posologia: Adultos: 10 a 20ml de tintura das sementes divididos em 2 ou 3 doses diárias, diluídos em água ou em uso tópico em reumatismos: Crianças de 2 a 5 anos: 2ml 3 vezes ao dia, às refeições; 9g de sementes frescas ou 49 de tolhas e colmas trescos (1 colher de sopa para cada xícara de água) em infuso ou decocto até 3 ve­zes ao dia, com intervalos menores que 12hs; Crian­ças tomam de 1/3 a ~i2 dose; A farinha das sementes é mais nutritiva que o milho, trigo e aveia É usada da mesma maneira que estes cereais.

Modo de usar:

- decocção de 10 a 30 g de frutos tostados em uma xícara de água.

- folhas e colmos em decocção: banhos no tratamento do reumatismo e excitante. Internamente: diurético, antiasmático, artrite, dor de urina, edemas.





Ajude Plantas Que Curam a difundir a saúde pela natureza, divulgando nosso site nas redes sociais.

Nosso site é um serviço oferecido de forma gratuita, mais se caso você desejar contribuir com nosso trabalho, pode fazer uma doação pelo sistema pagseguro do Universo On-line.