Plantas Que Curam - O seu guia de Plantas Medicinais na Internet

LARANJA AZEDA

Citrus aurantium

Descrição : Trata-se de uma árvore sempre verde, pertencente à família das Rutáceas, caracterizada por apresentar ramas e uma altura de cerca de 8 a 10 metros. Folhas ovalado-lanceoladas de até 8cm de largura, sinuosas, brilhantes e com pecíolo alado. Flores (azahares) aromáticas brancas ou rosas, encontradas na axila das folhas. O fruto é globoso, de 7,5 cm de diâmetro e de cor laranja quando está maduro. As folhas devem ser coletadas no momento da floração e dessecadas o mais rapido possível. As flores são coletadas quando acabam de se abrir ou ainda em botão. Deve-se tomar cuidado com a dessecação das flores, pois estas perdem a essência com muita rapidez. A casca dos frutos não maduros não deve ser retirada demasiadamente grossa. para preparo de doces, os frutos são colhidos bem maduros.

Modo de conservar : A casca do fruto, não muito maduro, as folhas e os botões florais devem ser secos à sombra e em local ventilado. O armazenamento deve ser em separado, em sacos de papel, ao abrigo da luz solar e de umidade. Imediatamente após a retirada da casca do fruto, a mesma de ve ser colocada para a secagem, evitando assim o seu escurecimento.

Origem : A laranja amarga é originária da Ásia (Índia, sudeste da China e sul de Vietnam), sendo posteriormente introduzida e naturalizada na Europa e América. Existem exemplares silvestres e cultivados, sendo que em algumas ocasiões é utilizado como base de enxerto para a laranja doce. É encontrado na Europa e principalmente cultivado no sul da França e Espanha (Sevilla).

História : época dos gregos antigos sendo cultivada na Europa a partir do século XII, três séculos antes da laranja doce, através dos navegantes portugueses precedentes das Índias Orientais. Na Tunísia, desde época imemorial, rende-se culto a essa árvore, em especial nas celebrações da “Festa da Laranja” que se realiza anualmente em Nabeul. As flores, conhecidas como "azahar" (em idioma árabe significa "perfume") são recoletadas no final de março para adornar a celebração.

Propriedades : Palpitações, diarréias, indutor do sonho, casos de angústia, quadros depressivos,

Indicação : Alguns componentes do óleo essencial tais como o linalol, acetato de lindilo, nerol e geraniol apresentam um efeito antiespasmódico, sedante e ligeiramente hipnótico (Adesina S., 1982; Hong N. et al, 1984). Nesse sentido é muito utilizada a água de azahar (obtido das flores) como antiespasmódico (ForsterH.et.al., 1980; Itokawa H. et.al., 1983).

Em animais com septicemia, a injeção de extratos de frutos não maduros (rico em sinefrina e N-metiltiramina) permitiu combater o colapso cardiorrespiratório com uma efetividade de 96% (Chen X., 1981;Zhao X., 1989).

Os extratos aquosos e alcoólicos exibem atividade bacteriostática frente a Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Neisseria gonorrhoeae, Proteus mirabilis, Pseudomona aeruginosa, Staphylococcus aureus e Streptococcus-b-hemolítico (El Keltawi N. et al., 1980; Janssen A. et al., 1986; Ebana R., 1991).

Outro estudo revelou a ausência de atividade inibidora significativa do óleo essencial frente a E. coli, S. aureus, Streptococcus pyogens, Streptococcus viridans, Diplococcus pneumoniae, Corynebacterium diphteriae, Salmonella spp. e Shigella spp. (Naqvi S. et al., 1991).

Os extratos úmido e alcoólico de Citrus aurantium administrados oralmente a ratas apresentaram ação inibidora nas reações alérgicas de tipo I induzidas por soro IgE de ascaris antidinitrofenilado (Koda A. et al., 1982).

O limoneno demonstrou ter propriedades expectorantes (Acosta de la Luz, L. 1993). A pectina melhora os processos de obstrução (obstipação intestinal) e se comporta como agente hemostático.

A vitamina C é antiescorbútica e antioxidante. Os princípios amargos conferem ação tônica, aperiente e carminativa.

Os flavonóides exibem uma atividade protetora capilar e ligeiramente diurética (Cáceres A. et al., 1987). A hesperidina apresenta um efeito depressor sobre o SNC e atividade miorelajante. No entanto a neohesperidina di-hidro-chalcona não apresenta efeito depressor e ao contrário, provoca um incremento sobre a atividade motora espontânea e o tono muscular (Suárez J. et al., 1996).

Ultimamente importantes avanços estão ocorrendo na abordagem do câncer de próstata, através de um produto padronizado obtido da pectina da laranja, o qual se conhece como MCP: Modified Citrus Pectin. Esta substância exibiu atividade antimetastásica de células malignas de próstata em modelos in vitro dependente de dose (Pienta K., 1995). Nesta atividade estariam envolvidos resíduos galactosídicos de MCP, como o rhamnogalacturonano, que atrairia os linfócitos CD3+ à área de ação para que exerçam seu efeito citotóxico (Zollner J. et al., 1993; Zhu T. et al., 1994).

Atualmente é comercializado na América do Norte com o nome de Pecta-Solâ.

O epicarpo dessecado da laranja amarga madura ou a ponto de amadurecer se encontra registrado na 6ª Edição da Farmacopea Nacional Argentina

Laranja

Principios Ativo : Óleo essencial, flavonóides

Modo de Usar : Popularmente se empregam as flores, folhas, frutos, sucos e casca como aperiente, antiespasmódico, carminativo, diurético, colagogo, sedante, vermífugo e tônico.

O óleo de neroli em vaselina é empregado na Índia como preventivo contra as picadas de sanguessugas. A infusão de folhas e flores (5%) indicam-se como sedante, antidispéptico, orexígeno e em frições (atrito) como antipirético. Em Cuba, a decocção do fruto se emprega como antihemorrágico em lesões da mucosa digestiva. O suco se recomenda como antidiarreico, antidisentérico e antitérmico.

Entre as formas galênicas se emprega o "enolado" (5%), sob maceração de duas semanas, a administrar 2-3 copos (80 cc.) diários. O extrato fluido (1g = 50 gotas) se administra a razão de 30-40 gotas, 3 vezes ao dia. Em aromaterapia a essência de neroli se emprega internamente em casos de palpitações, diarréias e como indutor do sonho. A essência de petit grain é empregada em casos de angústia e quadros depressivos.

A essência de neroli se usa em perfumaria como agente aromatizante. A água das flores (azahar) e a casca da laranja amarga se empregam como corretor organoléptico, em especial sobre substâncias salinas e amargo-salinas. A hesperidina se emprega como aromatizante amargo em algumas bebidas alcoólicas. Na cozinha árabe costuma-se colocar um par de gotas de azahar sobre as carnes em cozimento. Também costumam agregar ao café turco antes de tomar o primeiro gole.

Toxicologia : Levar em conta que as furanocumarinas são agentes fototóxicos e potenciais mutágenos do ADN celular. A essência da laranja amarga também pode dar fenômenos de hipersensibilidade, sobretudo sob exposição solar após aplicações com loções que as contenham. O nerol, e em menor medida os terpenos citronelol, linalol e geraniol, seríam os princípios hipersensibilizantes. No caso do vitiligo, a fotosensibilidade provocada por óleos de origem cítrico (em especial o de bergamota) é considerada terapêutica.

Modo de usar: - na forma de sucos, geléias, compotas, tortas, pastéis, doces cristalizados, molhos, decoração, aromatização de pratos; - óleo: fabricação de cremes (para rugas e rejuvenescimento da pele), banhos aromáticos e massagens (acalmar e relaxar a musculatura), fabricação de colônias, perfumes, xampus e condicionadores para cabelos secos. - dietas com baixa quantidade de carboidratos; - óleo essencial, feito do fruto e folhas: estimulante mental e emocional, regulador de apetite, laxante e calmante; - decocção das folhas: depressão, estresse, tensão, infecções orais, espasmos abdominais, vermes intestinais, escorbuto, reumatismo, febre, medo, crises emocionais e cistite; - sumo do fruto: prisão de ventre, úlceras, artrite e como digestivo; - óleo essencial (nerolina) na aromaterapia: estimular o otimismo, a criatividade e a alegria. - infusão ou decocção de 2 colheres das de sopa de folhas ou flores picadas, em 1 litro de água fervente. Tomar 1 xícara, 3 vezes ao dia; - ao natural com o bagaço, ou sob forma de suco, várias copos ao dia; - maceração de botões florais, por 3 a 4 horas: calmante suave, insônia; - suco das frutas: albuminúria de mulheres grávidas.

VEJA TAMBÉM EM NOSSO SITE :

Banho com o Chá da Laranja Amarga.





Ajude Plantas Que Curam a difundir a saúde pela natureza, divulgando nosso site nas redes sociais.

Nosso site é um serviço oferecido de forma gratuita, mais se caso você desejar contribuir com nosso trabalho, pode fazer uma doação pelo sistema pagseguro do Universo On-line.