Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

PROPRIEDADES MEDICINAIS DO LINHO

Linum usitatissimum

Cultivada como alimento nos climas temperados, a linhaça é um suplemento alimentar importante e de fácil acesso. Fonte de proteínas e de óleos ômega 3, também contém níveis elevados de fitoestrógenos aproximadamente 10 vezes mais do que outras sementes, sendo um bom remédio para a menopausa.

Descrição : Planta da família das Lináceas. Herbácea anual de 40 a 80 cm de caule ereto, folhas alongadas e estreitas. Suas flores são azul clara e seu fruto é uma cápsula globulosa com 10 sementes de cor escura e sabor adocicado. Possui grande aproveitamento industrial, especialmente na fabricação de tecidos.

Partes Utilizadas : Sementes

Origem : Cultivada como alimento em África desde 5000-8000 3. C, a linhaça foi levada para a América do Norte devido às fibras do caule, usadas para fazer linho e papel.

Propriedades : Laxante, emoliente, demulcente e estrogênico.

Linho, flores

Indicações :

Suplemento alimentar, sintomas da menopausa : As sementes moídas ou partidas são excelentes para incluir na alimentação: tome 1-2 colheres de sopa por dia, com cercais ou iogurte. Como as sementes absorvem grandes quantidades de líquido, beba também um copo de água. O ácido alfa-linolénico e o óleo ómega-3 presentes nas sementes são semelhantes aos óleos de peixe. Com níveis elevados de fitoestrógenos, a linhaça é um suplemento útil para os sintomas da menopausa, tais como os acessos de calor e as dores de cabeça. Guarde as sementes moídas ou partidas num recipiente hermético e no frigorífico para os óleos não ficarem rançosos. Use no espaço de duas ou três semanas.

Problemas digestivos : A linhaça é um excelente laxante, sendo segura e eficaz para a obstipação crônica. Mergulhe um colher de sopa de sementes em pelo menos 5 vezes o volume das mesmas de água quente. Deixe algumas horas e engula, de preferência bebendo mais água. A mistura resultante costuma ser útil para a obstipação e pode aliviar hiperacidez gástrica e diarreia. Problemas prolongados, como o refluxo gastroesofágico e a esofagite, a úlcera péptica e a obstipação crônica, deverão precisar de um tratamento contínuo.

Distúrbios respiratórios As sementes de linhaça demolhadas tal como se descreve para os problemas digestivos (acima) aliviam os pulmões e as vias aéreas e podem ser úteis para problemas como bronquite, pleurisia e enfisema. Também se podem usar as sementes sobre o peito em cataplasma (ver Uso tópico, abaixo), para aliviar bronquite com congestão.

Princípios Ativos : Mucilagens e pectina.

Toxicologia : O óleo contido na farinha de linhaça cria ranço muito rapidamente, provocando irritação da pele. Use sempre farinha recente para preparar cataplasmas. Dilua sempre em pelo menos 5 vezes o volume de água. As sementes verdes podem ser tóxicas.

Modo de usar:

- cataplasma quente das sementes amassadas sobre abscessos, (resfriados do) peito, dores em geral, cólicas intestinais, inflamação dos brônquios, pulmões, tumores, febrite; para fazer o cataplasma, mistura-se numa caçarola uma ou duas colheres de farinha de linho comum pouco dagua. Deixa-se esquentar ao fogo quase até a fervura. Quando a pasta estiver suficientemente grossa, espalhar-se a pasta sobre um pano fino, aplicando o emplasto sobre a parte doente pondo em cima deste um pano espesso de lã, a fim de evitar a passagem de umidade e conservar o calor.

- Infusão das sementes: diabete, inflamações do estômago, bexiga, colites, intestinos, hemorróidas e garganta;

- uma colher de sementes, mastigadas, de manhã, em jejum: prisão de ventre.

- Infusão de 2 colheres de sementes colocadas à noite em uma xícara de água. Beber pela manhã: prisão de ventre e hemorróidas, inflamação dos intestinos, da bexiga e próstata.

Linho

ÓLEO DE LINHAÇA
O óleo de linhaça contém níveis únicos (cerca de 55%) de ácido alfa-linolénico, um ácido gordo polinsaturado ómega-3 como os que se encontram nos peixes gordos. Os óleos de .   origem vegetal não são tão facilmente


Dieta  de 21 dias