Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

LÍRIO FLORENTINO

Iris x germanica var. florentina

Erva perene, originária da região mediterrânea, cuja a raiz seca libera um odor semelhante ao perfume de violeta.

Descrição : Planta da família das Iridaceae, também conhecida como íris, íris-germânica, lírio, lírio-cardano e lírio-da-alemanha. Bearded iris, lírio, iris de Florence, gìglio fiorentino .

Parte utilizada: óleo essencial, rizoma.

Origem: Europa Mediterrânica

Princípios Ativos: amido, ácido mirístico, aldeídos aromáticos, a e ß-irona, óleo essencial, glucosídeos, iridina, oxalato de cálcio, irigenina, irilona, irisolona, naftaleno, quercetina, quetonas, sesquiterpenos, tectoridina.

Propriedades medicinais: anti-helmíntica, anticonvulsivante, antitussígena, aromática, balsâmica, cicatrizante, diurética, emoliente, estomáquica, fixadora, purgativa, vermífuga.

Indicações: ferida infeccionada, abscesso, convulsão epiléptica, doença respiratória, pleurite, tosse, hidropisia, vermes intestinais, lesão cancerosa, doença estomacal, disfunção da bexiga, picada de cobra.

Contraindicações/cuidados: gestantes, lactante, diverticulite, úlcera duodenal e estomacal, esofagite, doença gastrintestinal, colite ulcerativa.

Lírio Florentino

Bibliografia:

Cunha, P., Ribeiro, J., Roque, O. (2009) Plantas Aromáticas em Portugal Caracterização e Utilizações, 2ªed., Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian


Dieta  de 21 dias