Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

MALVA SILVESTRE

Malva sylvestris

Descrição : Planta da família das Malváceas, também conhecida como Malva-roxa, malva-silvestre, malvaisco, malva-rosa.

Herbácea bianual de folhas lobadas, palmadas, pubescentes, com flores azuis, amarelas ou púrpuras. Pode atingir até 60 cm de altura.

Partes Utilizadas : Folhas e flores.

Plantio : Multiplicação: reproduz-se por sementes ou estacas (mudas); Cultivo: prefere clima ameno, embora suporte temperaturas elevadas. O plantio, é feito na primavera com espaçamento de 60 cm entre as plantas. Exige solos férteis, por isso deve-se adubar com bastante matéria orgânica. A irrigação deve ser semanal, quando não chover. Colheita: colhem-se as folhas a partir do 6o mês, secando-as à sombra.

Propriedades : Emoliente, laxante e expectorante.

Indicações :

É indicada para casos de prisão de ventre crônica, afecções respiratórias, das mucosas e da pele. Usada em casos de inflamações, principalmente no combate às afecções do aparelho genital feminino. É empregada em casos de bronquite crônica, constipação intestinal, colites, ansiedade, insônia, coqueluche, afecções das vias aéreas superiores.

Para uso externo é indicada nos casos de contusões e hemorróidas.

Princípios Ativos : Malvidol, pectina, taninos , mucilagens e resinas entre outros.

Malva

Dieta  de 21 dias