Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

MARAPUAMA

Ptychopetalum uncinatum

Descrição : Plana da família das Olacaceae, também conhecida como muira puama, liriosma, potency wood, marapama, muiratã, muiratam, pau-homen, potenzholz. Arbusto ou árvore, de folhas alternas, de 5 a 9cm de comprimento, oval elípticas ou oblongo acuminadas, de base estreita. com a página inferior saliente, verde escura em cachos axilares curtos, com pequenas brácteas caducas; Flores brancas com forte odor de jasmim-laranja, cálice de 5 sépalas, pétalas de 1 em, lineares, pilosas em baixo, de margens involutadas com 7 estames, 5 dois quais são opostos às pétalas, pistilo de 5 a 8 mm. O fruto é uma drupa ovoide.

Habitat: Planta da Amazônia que pode ocorrer em algumas regiões do Nordeste.

História: Muito usado pelos índios como tônico geral e para fadiga. Faz parte da Farmacopeia Homeopática.

Princípios Ativos: Ácidos: araquídico e behenico lignocerico; beta sitosterol e campesterol; óleo essencial.

Propriedades medicinais: Afrodisíaco, antidesintérico, antirreumático, anti-stress, tônico.

Indicações: Astenias cardíacas e gastrointestinais, beribéri, depressão, fraqueza, gripe, parasitas, impotência sexual, paralisias parciais, queda de cabelo, reumatismo crônico. Esgotamento físico e mental: como tônico geral, antifadiga e antidepressivo suave; Síndrome da fadiga crônica: como estimulante do sistema nervoso central e antidepressivo; Stress, doenças prolongadas: como tônico geral, antifadiga e antidepressivo suave; Insônia: como ansiolítico suave; Reumatismo e nevralgias crônicos; Paralisias parciais. ataxia locomotora e tremores: como dopaminérgico.

Modo de usar: Decocto em fricções: parasitas e beribéri.

Superdosagem: Não há relatos. caso ocorra deverá ser feito o esvaziamento gástrico, lavagem com soro fisiológico e colocação de sonda nasogástrica. Em caso de sintomas antropínicos intensos deve-se usar um colinérgico ou um 8-bloqueador. com monitoramento e assistência ventilatória eventual.

Marapuama

Dieta  de 21 dias