Plantas Que Curam - O seu guia de Plantas Medicinais na Internet

BENEFÍCIOS DO NONI

Morinda citrifolia

Essa fruta, originária do pacífico, tem ajudado no tratamento do diabetes, hipertensão, nas infecções de urina alêm de combater o stress e o cançaso, é o que mostram pesquisas americanas. Embora mas frutas cultivadas em solo brasileiro essa eficácia ainda não foi comprovada.

Descrição : Planta da família das Rubiaceae. Também conhecida como morinda.

O noni é uma árvore de 3 a 8 m de altura. Suas folhas são largas, simples, de cor verde escura, com veias vincadas. A planta dá flores é fruto durante todo o ano. As flores tubulares são pequenas e brancas. As frutas são de cor branca-amarelada, de forma oval e com uma superfície irregular.

As frutas também contêm 4 sementes, com 3 mm de comprimento, e tem um forte odor, quando colhida, daí que seja por vezes descrita como fruta de queijo ou fruta de vómito.

Parte utilizada: Folhas, frutos.

Habitat: É nativo da Ásia, Austrália e Polinésia: Taiti e Havaí.

Para que serve o Noni.

Indicado para artrite, diabetes, dor nos olhos, hipertensão, infeções internas, malária, problemas da pele; Afecções do coração; Cefaléias; ; Afecções digestivas e hepáticas; vermífugo. Essas características se atribuem aos espécies importados, o perfil fitoquímico das plantas cultivadas no Brasil , ainda não foi totalemente testado e comprovado.

Princípios Ativos: ácido capróico, ácido caprílico, alcalóides, alizarina, ácido ursólico, acetim glucoP, aspaperulósido, antraquinonas, alanina, arginina, cisteina, cistina, caratenóides, carbonato, cofactores, clororrubina, esteroles vegetales, fenilalanina, fosfato, glicosídeos, glicina, glutamato, hierro, histadina, mationina, isoleucina, lisina, treonina, triptófano, valina, magnésio, morindadiol, morindona, morindina, nodamnacantal, prolina, proteína, proxeronasa, rubiadina, sódio, sitosterol, serina, serotonina, soranijidol, terpenos, tirosina, vitaminas, xeronina.

Propriedades medicinais: Analgésica, anestésica, antidiabética, antiinflamatória, hipotensora.

Como se preparar o noni.

Esta planta é tipicamente consumida na forma de suco da fruta; o fruto consumido "in natura" com sal, ou cozido junto com curry. As folhas vaporizadas podem ser envolvidas em tomo das articulações afetadas e aplicação local das folhas na testa nas cefaléias; Há à venda no mercado brasileiro de várias preparações à base da fruta.

Noni

História

Os curandeiros polinésios têm usado as frutas do noni por milhares de anos para ajudar no tratamento de diabetes, hipertensão, artrite e envelhecimento. Os manuscritos de cura antigos mencionam a fruta como um ingrediente principal em preparações medicinais naturais. Hoje, as preparações da fruta são vendidas como suco, na forma de frutas secas e como um extraio seco em cápsulas. Patentes destes produtos podem ser encontradas nos Estados Unidos, incluindo patentes de processamento da fruta para o pó, e para a xeronina, um alcalóide isolado para usos medicinais, alimentares e industriais; A venda do noni processado já chegou ao Brasil através de redes de distribuição porta a porta.

Farmacologia

A fruta madura contém o ácido n-capróico, que é presumido ser responsável por seu odor distintivo, conhecido por atrair insetos tal como a drosófila sechelia. As plantas frescas contém antraquinonas, morindona e alizarina; Um novo glicosídeo de antraquinona da morinda heartwood foi recentemente descrito. O investigador havaiano Ralph Heinicke descobriu um alcalóide pequeno da planta que foi denominado xeronina. O compostos damnacantal, morindona e a alizarina são presentes nas culturas celulares da planta; Teoricamente a xeronina funciona a nível molecular no reparo de células danificadas, regulando sua função. Acredita-se que todas as células e sistemas do corpo, incluindo digestivo, respiratório, o osso e a pele podem ser beneficiados; No rato, o composto damna-cantal da raiz da Morinda citrifolia induziu uma morfologia normal e estrutura citoesquelética em células renais normais transformadas com o oncogene Kirstenras (precursores de determinados tipos de câncer). Este extraio foi encontrado ser o mais eficaz em inibir a função de ativação do sistema reticular (RÃS) entre os 500 extratos testados; A Morinda citrifolia tem sido usada medicinalmente como remé-dio para o coração, a artrite (envolvendo as folhas em torno das articulações afetadas), dor de cabeça (aplicação local das folhas na testa), e doenças gastrointestinais e do fígado; Uma revisão das aplicações tradicionais da planta na cultura samoana foi publicada. O noni foi avaliado por sua atividade anticancerosa no carcinoma pulmonar de Lewis em ratos. O extrato repetidamente aumentou o tempo de vida em grupos diferentes de ratos, rendendo resultados semelhantes em todos as experiências. O mecanismo proposto é uma melhora do sistema imunológico, com participação de macrófagos e linfócitos; Os extratos alcoólicos da Morinda citrifolia pro-duzem uma atividade vermífuga in vitro boa contra o parasita humano Ascaris lumbricoides. Os extratos aquosos liofilizados da raiz da planta mostraram possuir uma atividade analgésica central, entre outros efeitos, sugerindo propriedades sedativa da planta; A fruta da planta é usada como um alimento, geralmente coberto de açúcar. As folhas também são consumidas cruas ou cozidas. As raízes produzem um pigmento vermelho, e a casca um pigmento amarelo.






Ajude Plantas Que Curam a difundir a saúde pela natureza, divulgando nosso site nas redes sociais.

Nosso site é um serviço oferecido de forma gratuita, mais se caso você desejar contribuir com nosso trabalho, pode fazer uma doação pelo sistema pagseguro do Universo On-line.