Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

OU INCENSO

Boswellia carteri

A principal fornecedora de essências para os incensos indianos, é utilizada em muitos rituais religiosos, porém também possui propriedades medicinais.

Descrição : Planta da família das Burseraceae, também conhecida como incenso ou franqueniáceo.

Trata-se de uma árvore pequena ou arbusto com muitas folhas plumosas e pequenas flores brancas ou cor de rosa.

Produz uma goma resinosa que possuem cheiro característico, onde é extraído a essência usada em perfumes.

O nome franqueniáceo refere-se a sua proeminência como o "verdadeiro" ou "franco" incenso,

Já o nome olíbano é derivado do árabe al-lubán ("o leite"), em referência à seiva leitosa que sai ao golpear a árvore de olíbano.

Parte utilizada: Óleos essenciais e resina.

Origem : Omã, Somália,Etiópia, Arábia Saudita e Líbano.

Princípios Ativos: Alfa-cubebeno, alfacopaeno, alfaguaieno, alfa-humuleno, arabinose, aromadendreno, betacopaeno, betaguaieno, borneol, carvona, cimeno, farnesano, farsenol, felandreno, incensole, limoneno, mirceno, sabineno, terpenos, verbenol, verbenona.

Propriedades medicinais: Analgésico, antiespasmódico, emenagogo, nervino, adstrigente e anti-inflamatório, antisséptica, aromática, estimulante, rejuvenescedora, tônica.

Indicações: Furúnculos, amenorreia, asma, dismenorreia, bronquites, enfisema, feridas, feridas na boca, reumatismo, atenua rugas e infecções da pele.

Contraindicações/cuidados: Não encontrado na literatura consultada, com o uso externo.

Olíbano

Modo de usar:

Na medicina alternativa, a Boswellia é usada em forma de unguento para reumatismo.

Como pomada para untar feridas.

Líquido de limpeza bucal para feridas na boca.

Já foi muito queimado em hospitais para prevenir a expansão de doenças infecciosas.

Os vapores da planta inalados são usados para problemas respiratórios, como asma, bronquites e enfisema.

O uso do incenso : Na medicina alternativa, a Boswellia é usada em forma de unguento para reumatismo. Unta para feridas. Líquido de limpeza bucal para feridas na boca. O Olíbano também é usado em perfumes. Já foi muito queimado em hospitais para prevenir a expansão de doenças infecciosas. Os vapores da planta inalados são usados para problemas respiratórios, como asma, bronquites e enfisema.

Cuidados : Deve ser utilizada em pequenas quantidades. Não pode ser usado na gravidez.

História : O nome de gênero, Boswellia, foi classificado pelo botânico escocês, John Boswell (1719-1780).

O Olíbano é comumemente queimado como um incenso na índia e usado em templos e para disfarçar odores de cremação.

Acredita-se que seu cheiro acalma e clareia a mente.

De acordo com o Evangelho de Mateus 2:11, ouro, olíbano e mirra foram os três presentes dados a Jesus pelos Reis Magos que vinham do oriente.

O surgimento do Cristianismo empobreceu o mercado do olíbano durante o século IV, a desertificação fez com que as rotas de caravanas que cruzavam sobre o Rub' al-Khali se tornassem mais difíceis e o incremento das incursões dos nômades no Oriente Próximo facilitaram o fim do comércio do olíbano ao redor do ano 300.

Diz a lenda que o imperador romano Nero queimou durante um ano olíbano valioso para a cidade de Roma no funeral de sua esposa, Poppaea.

TAXINOMIA :

O Olíbano (Boswellia carteri) é também chamado de Incenso-de-Olíbano e Galbanum.

Olíbano de nome comum também inclui a espécie Boswellia thurifera.

A conhecida espécie Boswellia serrata não é um sinônimo botânico do Olíbano.

Olíbano


Dieta  de 21 dias