Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

Papoula

Papaver somniferum.

Descrição : Da família das Leguminosas, divisão Mimosácea. Existem várias espécies desta planta.

É uma planta herbácea ou pouco lenhosa, que cresce até l m de altura, outras vezes rasteira e ainda subarbustiva e trepadora, caules ramosos, pilosos ou glabros, armados, bem como os ramos, de muitos ou poucos acúleos esparsos, eretos ou curvos. Sua casca é vermífuga e suas raízes, de mau cheiro, são irritantes, purgativas e eméticas, talvez mesmo tóxicas quando ingeridas em dose alta; foram muito usadas antigamente no combate à elefantíase dos Árabes e, bem assim, como antídoto das sementes (que afinal parece serem apenas um bom emético) e da própria seiva, esta reputada como veneno violento, tiveram também emprego em banhos, contra os tumores reumáticos articulares e a difteria.

As folhas, embora também suspeitadas de venenosas, são úteis em banhos contra os tumores e a leucorreia ou ainda em cataplasmas contra as escrófulas; conta-se que causa a hematúria nos animais que as comem e sua infusão em dose moderada, é amargo tônica, purgativa e antigonorréica, sendo que, injetada nas veias ou no tecido celular subcutâneo, tem efeitos colagogos positivos, porquanto aumenta a secreção da bílis, como ficou demonstrado com as experiências realizadas no Museu Nacional do Rio de Janeiro. O extrato alcoólico das folhas pode transformar o abstêmio em um ébrio e o extrato alcoólico das raízes agiria de modo contrária, ou seja, curaria o vício de beber.

Habitat : É planta brasileira, porém levada ao mundo todo, especialmente na África tropical e na índia Holandesa. Cultivada como ornamental e prefere vegetar nos lugares úmidos, nas margens dos cursos de água e em terrenos alagadiços. Na Europa cultivam-na em estufas. É tão sensível esta planta que ao simples bater de palmas (sem mesmo tocá-la), ao seu redor, ela se transforma imediatamente, e seus folíolos levantam-se, as pinas aproximam-se e as folhas inteiras abaixam-se, pêndulas como se estivessem murchas, sendo que minutos depois, volta ao seu natural.

Propriedades medicinais: emoliente, hipnótica, peitoral, sedativa.

Indicações: A papoula é considerada eficaz no combate de vertigens, insônia, excitação nervosa, acessos de tosse, dores, nevralgias, asma, dispneia e diarreia. Suas sementes também servem para acalmar as dores. Como loção, podem ser aplicadas externamente para aliviar dores de ouvido e de dentes, como para atenuar irritações cutâneas e bucais.

Parietaria

Dieta  de 21 dias