Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

PENVINCA

Vinca minor L.

Descrição : Pervinca forma frequentemente nos bosques vastos tapetes perpetuamente verdes de onde surgem, a partir de Fevereiro, curtos ramos sustentando flores solitárias com corolas de um raro azul.

É a flor dos feiticeiros e dos poetas e, na Idade Média, fazia parte da composição dos filtros de amor. A sua utilização em medicina é também muito antiga: Agrícola, em 1539, aconselhava-a para o tratamento de anginas, e Mattioli, em 1554, para as hemorragias nasais.

Durante muito tempo acreditou-se na sua eficácia para o tratamento de doenças pulmonares. Efetivamente, a pervinca é um ótimo tônico amargo, justificando-se o seu uso para tratamento de anemias vulgares, convalescenças difíceis ou falta de apetite. Modernamente, as investigações detectaram a ação de um alcaloide extraído da pervinca, a vincamina, que faz baixar a tensão arterial e dilata os vasos, pelo que foi imediatamente incluída no arsenal terapêutico. Além disso, certas substâncias extraídas de uma espécie exótica de Vinca demonstram atualmente grande utilidade na luta contra diversas formas de cancro.

Componentes: Glúcidos, sais minerais, ácidos orgânicos, vitamina C, pectina, tanino, flavonoides, alcaloide (vincamina).

Propriedades: Adstringente, antidiabético, antilactagogo, hipotensor, vasodilatador, vulnerário.

Indicações: Anemia, enxaquecas, dificuldade de concentração, diabetes, hipertensão, vasodilatador e vulnerário.


Dieta  de 21 dias