Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

SABUGUEIRO NEGRO

Sambucus nigra

Embora pouco investigado, o sabugueiro é um remédio caseiro seguro e eficaz para problemas de ouvidos, nariz e garganta. O seu uso tradicional na Europa remonta à época clássica. As flores são muitas vezes usadas para fazer vinho, mas a tintura e a infusão quente são mais eficazes terapeuticamente.

Descrição : Da família das Caprifoliáceas, arbusto ou árvore vivaz que chega a alcançar de 1 a 1,5 metros de altura, verrugosa e com medula branca esponjosa. Cada folha apresenta de 5 a 7 folíolos, oposta, ímpares, terminando com um maior e mais comprido que os laterias. São pecioladas, em forma de lança, com a base arredondada, o ápice pontiagudo, de bordas suspeitamente dentadas. Apresenta nervuras bem salientes na parte inferior. Quando esmagadas possuem um odor intenso e desagradável. Floresce em buques, formando por pequenas flores, que partem de diferentes alturas do caule e atingem o mesmo nível na parte superior, de cor branca ou rosada, de sabor mucilaginosos e fracamente amargo e com odor semelhante ao de amêndoa amargas. O fruto é uma baga de cor escura, matizada de púrpura, com polpa vermelho-escuro , envolvendo de 3 a 5 sementes. O plantio é feito por estacas de galhos ou por sementes, em solo fértil e clima temperado quente. A entrecasca deve ser coletada antes que a planta retorne ao novo estado vegetativo e as flores são colhidas quando de seu florescimento, na estação fria, de preferência, no dia comemorativo de São João ou na véspera, à noite, desse dia. Também pode ser colhida entre os dias comemorativos de São João e de São Pedro. O fruto é retirado quando do seu amadurecimento.

Partes Utilizadas - Frutos, flores e entrecasca do tronco e ramos.

Origem : Europa, Ásia e África no Norte.

Modo de conservar : As entrecascas ou cascas medianas do caule e as flores sem os pendúcolos são secas à sombra, em local ventilado e sem umidade. Armazenar em separado, em sacos de papel ou de pano ao abrigo da luz solar.

Plantio : Multiplicação: por sementes ou estaquia da raiz ou galho;

Cultivo: Não exige clima e nem solos secos, profundos e fofos. Plantio deve ser em covas adubadas com húmus. Planta-se de preferência na primavera;

Colheita: cascas, raízes, flores, folhas e frutos.

Propriedades : Sudoríficas, diuréticas, depurativas, anti-inflamatórias, tonificante e laxante.

Indicações :

Utilizado em resfriados e gripes para provocar sudação abundante e uma ação depurativa e descongestionante.

É muito utilizada em casos de sarampo, rubéola e escarlatina. Combate também afecções da garganta e conjuntivites.

Princípios Ativos : Glicosídeos, flavonoides e ácidos orgânicos. .

Toxicologia : Não comer grandes quantidades de bagas (frutos) de sabugueiro, pois podem provocar náuseas e intolerância digestiva.

sabugueiro

Modo de usar :

Diurético; reumatismo; artrite e gora; nefrite; cálculos renais : coloque 1 colher de chá de entrecascas picadas em 1 xícara de chá de água em fervura. Deixe ferver por 5 minutos. Desligue o fogo, abafe por 10 minutos e coe. Tome 1 xícara, de 3 a 4 vezes o dia, sendo a última dose antes das 17:00 horas.

Dermatoses, erisipela, erupções cutâneas, pruridos, eczemas e reações alérgicas : coloque 2 colheres de sopa de flores picadas em 1 litro de água em fervura. Deixe ferver por 5 minutos, coe e espere amornar. Aplique na parte afetada, com uma gaze ou pano, em forma de compressas.

Febres; analgésicos para as dores em geral; estimulante da sudorese; sarampo; catapora; varicela : em 1 xícara de chá, coloque 1 colher de sobremesa de flores picadas e adicione água fervente. Abafe por 10 minutos, coe e espere amornar. Tome 1 xícara de chá, de 1 a 2 vezes ao dia, ainda morno, ficando em repouso.

queimaduras que não provocam bolhas e que provocam bolhas: em um pilão, coloque 1 colher de chá de entrecascas picadas e adicione 1 xícara de café de óleo de cozinha. Amasse bem e leve ao fogo, em banho maria, por 3 horas ou deixe em local bem ensolarado. Coe em uma peneira. Aplique nos locais afetados, com um chumaço de algodão ou gaze, de 2 a 3 vezes ao dia.

Constipações, gripe e febre : A infusão de flores de sabugueiro é ótima para sintomas de constipação, constipações tipo gripe e estados febris ligeiros, aliviando os sintomas e combatendo a infecção. Conjugan-se bem com o milefólio (Achillea milkfolium). Beba a infusão quente, adoçada com mel. Os bagos maduros são ricos em vitamina C c antioxidantes. Tome xarope ou extrato de bago de sabugueiro para combater a infecção e acelerar a recuperação. Num teste clínico recente, o extrato de bago de sabugueiro diminuiu o tempo de recuperação em casos de influenza. Os bagos melhoram a resistência a infecções e reduzem a tendência para a recorrência de constipações, inflamações da garganta e tosse. O extracto de bago de sabugueiro é um remédio de venda livre fácil de encontrar e pode ser dado às crianças.

Congestão dos ouvidos, nariz e garganta : As flores de sabugueiro secam e tonificam as membranas mucosas que revestem o nariz e a garganta, reduzindo espirros, comichão e "pingo no nariz" em problemas como rinite alérgica e febre dos fenos. Nestes casos, conjugar a flor de sabugueiro com urtiga (Urtica dioità ) é mais eficaz. As flores são muito usadas em problemas catarrais nos seios nasais e no ouvido médio. Conjugadas com outros remédios, também são úteis para tratar infecções respiratórias como a bronquite e a pleurisia.


Dieta  de 21 dias