Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

SÁLVIA - UMA ALUCINÓGEA

Salvia officinalis

Em 1551, o ervanário William Turner registou que a sálvia "devolve o calor natural, reconforta os espíritos vitais, ajuda a memória e aviva os sentidos". Tal exaltação não é inadequada, pois a sálvia é um tônico verdadeiramente versátil e eficaz.

Descrição : Da família das Labiadas, herbácea perene que atinge de 20 a 80 centímetro de altura, bem ramosa, formando touceiras. As folhas são opostas, persistentes, lanceoladas e revestidas de pelos esbranquiçados. As flores são de coloração azul ou violácea, e se agrupam nas hastes terminais. O fruto semente é composto de 4 aquênios ovóides.

O plantio é feito por estacas de galhos,sendo o método mais rápido de de propagação, e em solos calcários, bem drenados, leves, ricos em matéria orgânica e nutrientes, em local bem exposto ao sol, principalmente em terrenos inclinados e ladeiras.

O clima deve ser quente, porém ameno e sem excesso de calos.

A colheita das folhas sem o pecíolo para fins medicinais, deve ser feita antes do surgimento das flores e as sumidades floridas logo após que desabrocham. Para condimento pode ser colhida em qualquer época. Possui um odor canforado, sabor picante e um pouco amargo, extremamente agradável.

Partes Utilizadas : Flores e folhas.

Origem : Sul da Europa, região mediterrânea.

Habitat: Nativa da região mediterrânea, atualmente cresce em várias partes do mundo.

História: O nome latino significa 'para curar'. Tradicionalmente, a sálvia e o seu óleo são usados para o tratamento de uma grande variedade de doenças; A fragrância da planta é dita suprimir o odor desagradável dos peixes. O óleo da sálvia é usado como fragrância em sabonetes e perfumes. A óleo e resina da sálvia também é usada na indústria culinária.

Modo de conservar : As folhas sem pecíolos e as sumidades floridas são secas ao sol, em local ventilado e sem umidade. Armazenar em sacos de papel ou de pano, em local seco e ao abrigo da luz solar.

Propriedades : Cicatrizante, anti-inflamatório e antisséptico.

Indicações : É usada para curar esgotamento nervoso, stress e depressão. Combate inapetência, astenia, dispepsia, diabetes, diarreia, amenorreia, dismenorreia,.

Princípios ativos: Óleo essencial: a e 6-tujonas, borneol, cineol, cânfora Flavonas; Ácidos fenólicos: salvina; Heterósideo de fenilpropanóide: martynosideo; Triterpenos: ácidos ursólico e oleanóico e seus glicosídeos, a e B-amirina, betulina; Diterpenos fenólicos: quinoidal, abietano e apianano rearranjados; Ácidos rosmarínico, clorogênico e labiático; Substância estrogenica; Princípio amargo: picrosalvina; Saponinas; taninos ; Resinas; Mucilagens; Principais compostos: salvigenina, lupeol, 3-sitosterol, estigmasterol, fisciona, carnosol, rosmadial, rosmanol, epirosmanol, isorosmanol, columbarídiona, atuntzensina A, miltirona, ácido carnósico, e ácido 12-O-metil carnósico, cânfora, cineol, limoneno, camfeno, e pineno.

Modo de usar :

Auxiliar da digestão; sudorese excessiva das mãos e axilas : em 1 xícara de chá, coloque 1 colher de sobremesa de folhas e sumidades floridas, bem fatiadas e adicione água fervente. Abafe por 10 minutos e coe. Tome 1 xícara de chá, 2 vezes ao dia.

Escaras de decúbito; feridas; piolhos; aftas : em um frasco, coloque 3 colheres de sopa de folhas e sumidades floridas, bem picadas e adicione 1 xícara de chá de vinagre branco. Feche bem o frasco e deixe em maceração por 10 dias, em lugar quente ou ao sol. Coe em um pano e esprema o resíduo. Aplique nos locais afetados com um chumaço de algodão, de 2 a 3 vezes ao dia. No caso de piolhos, aplique no couro cabeludo, faça massagens suaves inclusive na nuca, deixando agir por 2 horas. Em seguida lave bem a cabeça e passe o pente fino.

Menstruação dolorosa; distúrbios da menopausa : coloque 3 colheres de sopa de folhas e sumidades floridas fatiadas em 1 garrafa de vinho branco. Deixe em maceração por 8 dias e coe. Tome 1 cálice, 3 vezes ao dia, sendo que no caso de menstruação dolorosa, tome 1o dias antes do início da menstruação.

Mau hálito; afecções da boca gengivas ulceradas ou com sangramento e afas; dentes manchados : coloque 2 colheres de sopa de flores e sumidades floridas, bem picadas em 1 xícara de chá de álcool de cereais a 70%. Deixe em maceração por 5 dias. Coe e armazene em frasco escuros.

Excesso de catarro : Com propriedades adstringentes, a sálvia combate infecções, tais como aftas e garganta inflamada, e seca o catarro. A infusão é um excelente bochecho e gargarejo para infecções locais. Em problemas recorrentes, a salva conjuga-se bem com ervas como a equinácea.

Memória fraca, stress e ansiedade : sálvia aparenta ser um remédio potencial para as fases iniciais da
demência. As suas propriedades tranquilizantes ajudam a aliviar o stress e a ansiedade e melhoram a vitalidade mental e a memória. Para uso prolongado, é preferível a salva-de-folha-estreita, com um baixo teor de tuiona.

Uso pediátrico: As mesmas indicações possíveis. Uso na gestação e na lactação: Não há estudos sobre uma farmacocinética nestas condições, mas há relatos de que reduza a lactação, onde se recomenda que seu uso não ultrapasse as doses alimentares.

salvia

Posologia: Até 12ml de tintura 2h antes de deitar ou divididas em 3 doses a cada 8h; Óleo essencial: 2 a 4 gotas, 3 vezes ao dia em água morna, para gargarejes e colutórios; Extrato alcoólico: 1 colher de café antes de deitar; 4g de folhas frescas ou 2g de folhas secas (1 colher de sopa para cada xícara de água) em infuso ou decocto leve após as refeições ou ao deitar; 30g de folhas frescas pra cada litro de água em infuso para enxágues, compressas, ou gargarejos. Interação medicamentosa: Nenhuma interação foi encontrada na literatura consultada.

Efeitos colaterais: Os efeitos colaterais relatados após a ingestão da sálvia incluem a queilite, a estomatite, a boca seca, ou a irritação local. A queilite e a estomatite foram relatadas a em alguns casos após a ingestão do chá de sálvia. A ingestão de grandes quantidades do extraio da planta pode causar o ressecamento da boca seca ou irritação local de acordo com alguns relatos. Há relatos de bradicardia.

Precauções: Gestação e lactação.

Superdosagem: O uso do óleo essencial puro, em altas doses, pode provocar sintomas de intoxicação.

Toxicologia: Nenhum efeito colateral significativo foi relatado por voluntários saudáveis em 2 ensaios clínicos. Porém, em um estudo piloto aberto que, envolvendo a administração oral do óleo essencial de Sálvia lavandula-efolia a pacientes com doença de Alzheimer houve um aumento significativo na pressão sanguínea diastólica e sistólica que foram observados em 2 pacientes com hipertensão pré-existente. Embora o óleo da sálvia contenha o composto tujona, o óleo não possuiu uma reputação tóxica . O óleo foi encontrado ser não irritante e não sensitizante quando aplicado topicamente, e em concentrações diluídas à pele humana.

VEJA TAMBÉM EM NOSSO SITE :

Formulação Caseira de Vinho medicinal da Sálvia

Receita Caseira de Chá de Sálvia.

Farmacologia: O composto tujona é tóxico em grandes doses; O óleo da sálvia é frequentemente adulterado pela adição de tujona derivada das folhas do cedro vermelho (Juniperus virginiana); Atividade antioxidante; Fontes referenciais terciárias documentam que o extrato da sálvia possui uma forte atividade antioxidante, uma ação produzida pelos compostos ácido labiático e o ácido carnósico; Atividade antimicrobial; Fontes referenciais terciárias documentam que o ácido fenólico salvina e seu éter monometil apresentam uma forte atividade anti-bateriana contra a espécie Staphylococcus aureus; Atividade anti-inflamatória; resultados de estudos em animais: O extraio clorofórmico das folhas da Salvia officinalis, particularmente o ácido ursólico presente nas folhas, apresenta uma propriedade anti-inflamatória forte quando usado como tratamento tópico.

O ácido ursólico exibiu a inibição, dependente da dose, do edema da orelha induzido pelo óleo de cróton em camundongos. O efeito anti-inflamatório do ácido ursólico foi 2 vezes mais potente do que aquele produzido pela indometacina. Atividade gastrintestinal; resultados de estudos em animais: Há alguma evidência que o óleo da sálvia pode exercer uma ação anti-secretora, mediada pelo SNC. Aação carminativa é provavelmente causada pelo efeito irritante do óleo volátil; Doença de Alzheimer e melhora da memória; O estudo descrito não envolveu pacientes com doença de Alzheimer, mas sim adultos saudáveis em 2 ensaios consecutivos.

No primeiro ensaio, 20 participantes receberam 50, 100, e 150 microlitros de um extraio estandardizado do óleo essencial da Salvia lavandulaefolia e placebo; No segundo ensaio, 24 participantes receberam 25 e 50 microlitros de um extrato estandardizado do óleo essencial Salvia lavandulaefolia e placebo. As doses foram separadas por um período de esmaecimento de 7 dias.

Os autores concluíram que a dose de 50 microlitros do óleo essencial da sálvia melhorou significativamente (P< 0,05) as lembranças imediatas de palavras em ambos os estudos e assim podem melhorar a cognição em adultos jovens saudáveis; Um outro ensaio clínico - placebo-controlado, com duração de 16 semanas, analisou os efeitos da sálvia em pacientes com doença de Alzheimer suave a moderada (entre 65 a 80 anos de idade). Os pacientes foram randomizados em um grupo que recebeu o extrato da Salvia officinalis ou placebo. Os critérios de inclusão consistiram em uma pontuação de 12 ou mais na escala cognitiva de avaliação da doença de Alzheimer (ADAS-cog), e uma pontuação de 2 ou mais na escala de avaliação clínica da demência (CDR). As medidas principais da eficácia foram mudanças nas escalas ADAS-cog e CDR, comparadas com a pontuação inicial. Após 16 semanas, os pacientes que tomam o extrato de Salvia officinalis obtiveram um resultado significativamente melhor na funções cognitivas, do que aqueles que no grupo recebendo o placebo (ADAS-cog: P = 0.03; CDR-SB: P< 0,003).


Dieta  de 21 dias