Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

SERRALHINHA

Emilia sonchifolia

Descrição : Planta anual, de porte pequeno e pouco ramificada. As folhas são alternas, sésseis, membranáceas, sendo as basais glabas ou longamente pilosas ao longo das nervuras. As superiores são semiamplexicaules. As inflorescências são terminais, em capítulos isolados de flores, de cor avermelhada. O fruto semente é um aquênio de papilho sedoso. Reproduz-se por fruto semente, de preferência em solos arenosos, úmidos, férteis e ricos em matéria orgânica. ë uma planta daninha, largamente espalhada por todas as regiões do Brasil, onde infesta a maioria das culturas,, ocorrendo com maior frequência durante o período de maio a novembro. A colheita pode ser realizada em qualquer época do ano.

Origem : África, Ásia tropical e Regiões Polinésias

Modo de conservar : As raízes, folhas e as flores são secas ao sol, em local ventilado e sem umidade. Armazenar em potes de vidro bem fechados, em separado.

Plantio : Multiplicação: por sementes; Cultivo: em campos abertos ou em hortas. Não exige clima nem solo e desenvolve-se melhor em local com relativa umidade e solos férteis; Colheita: o ano todo, na floração.

Indicações : asma, bronquite, resfriados, dores no corpo, infecções na urina.

Princípios Ativos : Óleo essencial; mucilagens; taninos ; pigmentos; saponinas; flavóides.

Serralhinha

Modo de usar

Infecção do aparelho respiratório, asma e bronquite asmática; estados febris, gripes, resfriados e dores no corpo; amigdalite; faringites : em 1 xícara de chá, coloque 1 colher de sobremesa de folhas picadas e adicione água fervente. Abafe por 10 minutos e coe. Tome 1 xícara de chá, 2 vezes ao dia.

Infecções do aparelho respiratório, asma e bronquite asmática; estados febris, gripes, resfriados e dores no corpo; amigdalites; faringites : lave muito bem as folhas frescas e enxugue. Em um pilão, coloque 3 colheres de sopa de folhas picadas. Amasse bem e adicione 1 xícara de chá de álcool de cereais a 70%. Deixe em maceração por 5 dias e coe. Tome 1 colher de café, diluído em um pouco de água, 2 vezes ao dia, entre as principais refeições.

Diurético; afecções das vias urinárias : coloque 1 colher de sopa de raízes, folhas e flores em 1 copo de água em fervura. Deixe ferver por 5 minutos, espere esfriar e coe. Tome metade do copo de manhã a outra metade à tarde, antes das 17:00 horas.

Feridas; chagas; pruridos; eczemas; escaras : lave muito bem e enxugue 3 folhas frescas. Em um pilão, coloque as folhas fatiadas e adicione 1 colher de sopa de glicerina. Amasse bem até formar uma pasta. Espalhe em uma gaze ou pano e aplique nos locais afetados, em forma de compressa, de 2 a 3 vezes ao dia.


Dieta  de 21 dias