Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

TABACO MEDICINAL

Nicotiana tabacum

Descrição : Planta da família das Solanaceae, também conhecida como erva-santa, fumo.

Parte utilizada: Folhas.

Origem : América do Sul.

Princípios Ativos: nicotina, cotinina, miosmina, nicotirina, anabasina, nicotelina.

Propriedades medicinais: anti-inflamatória, antiparasitária, hipertensora, narcótica, sedativa, vermífuga, inseticida.

Indicações: Angina peitoral, diarreia, distúrbios biliares, dor de dente, hérnia, hipotensão, inflamações, parasitas da pele, picadas de mosquitos e abelhas, problemas circulatórios, vermes intestinais. Nota: a eficácia de seu uso medicinal ainda não foi comprovada.

Contraindicações/cuidados: gestantes, nutrizes e crianças.

Efeitos colaterais: Em altas doses pode reduzir a pressão arterial, causar salivação, diminuição do tônus muscular, tremores nas mãos, cefaleia, tontura, fraqueza nas pernas, perda de apetite, insônia, náusea, diarreia, vômitos, dores no peito, problemas na digestão, espasmos, inconsciência, falência respiratória e cardíaca. O consumo na forma de cigarro pode causar doenças como câncer, pneumonia, enfisema pulmonar e infecção das vias respiratórias.

tabaco

Modo de usar:

- infusão das folhas:

- externamente: sarna, piolhos, carrapatos, dor de dente, picada de insetos, garganta (gargarejos); Banhos: cansaço.

- Internamente (em baixas dosagens): distúrbios biliares, vermes intestinais, inflamações, hérnia, hipotensão, esgotamento nervoso, má digestão, cálculos renais e hepáticos;

- Decocção: asma, estomatite, inflamações na boca, coqueluche, coração, gengivas, suores frios, tosse;

- homeopatia: angina peitoral, diarreia, problemas circulatórios.

Efeitos danosos à saúde causados pelo tabaco.


Dieta  de 21 dias