Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

TAIUIÁ

Lobelia inflata

A lobélia, ótima para tratar problemas respiratórios, é potencialmente tóxica e só deve ser tomada quando prescrita ou como medicamento autorizado.

Descrição : Planta da família das Campanulaceae, também conhecida como lobélia. Herbácea de raiz fibrosa, haste ereta, pouco ramificada, esparsamente hirsuta, toda a planta produz látex resinoso. Folhas alternas, pubescentes, crenadas serreadas, agudas, sésseis espatuladas na base e lanceoladas no ápice, pecíolos curtos, alados. A inflorescência forma racemos de flores solitárias, axilares e terminais. A flor tem formato campanular, a corala e penta-lobada, cor branco azulada. O fruto e uma capsula inflada, com sementes.

Habitat: Nativa dos dos EE.UU.

História: Usada tradicionalmente para afecções respiratórias e para combater o tabagismo.

Indicações:

Depurativa do Sangue e do aparelho respiratório : Utilizada pelos naturopatas adventistas.

Vício do cigarro : É normalmente usada como substituto da nicotina por pessoas que querem deixar de fumar cigarros.

Problemas respiratórios como asma, bronquite, coqueluche, enfisema crônico, tosse : A lobélia relaxa as vias aéreas, estimula a expulsão do muco e alivia a respiração asmática. Favorece uma respiração profunda e forte e é boa para problemas como a asma e a bronquite crônica.

lobelia

Modo de usar : A lobelia inflata pode ser usada como chá, usando uma pequena quantidade, um quarto ou meia colher de chá da erva numa chávena de água a ferver durante 10 a 15 minutos.

Princípios ativos : alcaloide piperidina, isolobelanine

Origem : América do Norte.

Efeitos colaterais: A overdose pode causar sufocamento e/ou pressões na garganta ou peito.

Lobelia inflata para parar de fumar.


Dieta  de 21 dias