Relação das obras consultadas na construção desse site. Guia com algumas doenças e suas ervas respectivas para tratamento. Receitas de chás terapêuticos. Receitas de remédios naturais  produzidos com ervas. mande-nos um e-mail Compre o nosso e-book exclussivo

BENEFÍCIOS MEDICINAIS DA FRUTA TANGERINA

Citrus reticulata

Descrição : Da família das Ruthaceas, também conhecida como mandarim. Como outros cítricos, é uma árvore pequena, tronco e galhos finos, casca acinzentada, providos de espinhos longos. Folhas alternas, miúdas, verde-escuro, glandulíferas, pecíolo alado; Flores solitárias reunidas nas extremidades dos ramos, brancas, fragrantes. Os frutos são bagas globosas e de casca mais ou menos rugosa,de acordo com a espécie, de cor laranja intenso. Sob a casca encontram-se glândulas amarelas repletas de óleo essencial e uma grande bainha de pectina que envolve gomos de celulose que contém o que chamamos de fruta propriamente dita, pelos translúcidos repletos de suco.

Partes utilizadas : Casca.

Habitat: Originária a China, espalhou-se por todo o mundo temperado e tropical

História: Usada como alimento e medicinalmente há séculos. Faz parte da farmacopeia ayurvedica

Indicações : A tangerina age sobre os pulmões e baço. Elimina muco dos pulmões; Usada para afecções digestivas, é uma estimulante do apetite, alivia náuseas e gases. Estimula o fluxo da bile e acalma as dores no peito, na mama, no hipocôndrio e inguinal causada pela estagnação energética do fígado; Digestiva e eupéptica, age na estagnação da digestão e suas consequências, inclusive gases, dores e distensão abdominal; Usada nos padrões de estagnação linfática, inclusive nos abscessos mamários com esta etiologia; Nas febres intermitentes e resfriados.

Uso pediátrico: As mesmas indicações possíveis

Uso na gestação e na lactação: Não há relatos de Contraindicações e nem de estudos de seus uso nestas condições.

Propriedades : Aperitiva; Digestiva; Anódina; Diurética; Expectorante; Febrífuga; Sedativa; Refrigerante.

Abeto

Princípios ativos : Ácidos orgânicos: aspártico, ascórbico, cítrico, citronélico, decanóioo, glutâmico, málico, malônico, miristico, octanóico, oxálico, pantotênico, quinino, esteárico ácido undecanóico; Ácidos graxos: ácido linoleico, ácido gama-aminobutírico, ácido linoleico, ácido oleico, ácido palmítico, acido palmitoleico; Sais minerais: ferro, molibdênio, rubídio, boro; Aminoácidos: alanina, cistina, glicina, histidina, isoleucina, leucina, metionina, fenilalanina, prolina, serina, triptofano, tirosina, vali na, arginina; Óleo essencial: canfeno, cariofileno, geraniol, humuleno, limoneno, nerol, ocimeno, sabineno, ti moi; Outros componentes: 1 ,8-cineol, 3,5,5- trimetilbenzil-álcocl, acetaldeído, , a-caroteno, a-ropaeno, a-felandreno, a-pineno, a -selineno, a-sinesal, a-terpineno, a-terpineol, acetato de a-terpiil, a-tuieno, a-tocoferol, ailangueno, asparagina, l3-apocarotenol, l3-caroteno, 13- citraurina, B-elemeno, B-pineno, B-sesquifelandreno, Bterpineol, carvona, , cis-3-hexenol, cis-carveol, ,citronelal, acetato de citronelil, decanal, decanol, decil-acetato, delta-3-careno, delta-cadineno, delta-elemeno, dimetil antralinato, dodecanal, eupatilina, ferulóleo de putrescina, gama elem,!no, gama-terpineno, acetato de geranil, isopulegol, linalool, metil-n-metilantra-linato, metil-timol, mirceno, N-metil-tiramina, neril-acetato, nobelitina, nonanal, nonanol, ,octanol, octanal, p-cimeno, p-menta-1- eno-9-il-acetato, acetato perílico, reticuloxantina, hidrato de sabineno, salicilatos, silicone, sinefrina, tangeraxantina, tangeritina, terpineno-4-01, terpinoleno, tetradecanal, teorina, éter timil-metílico, zeantina.

VEJA TAMBÉM EM NOSSO SITE :

Receita Caseira de Chá da Casca da tangerina.

Farmacologia: A tangerina age sobre os pulmões e baço. Elimina o muco dos pulmões; Usada para afecções digestivas, é uma estimulante do apetite, alivia náuseas e gases.

Estimula o fluxo da bile e alivia as dores: no peito, na mama, no hipocôndrio e inguinal causada pela estagnação energética do fígado; Digestiva e eupéptica, age na estagnação da digestão e suas consequências, inclusive gases, dores e distensão abdominal; Usada nos padrões de estagnação linfática, inclusive nos abscessos mamários com esta etiologia; Nas febres intermitentes e resfriados.


Dieta  de 21 dias