Plantas Que Curam - O seu guia de Plantas Medicinais na Internet

O VALOR MEDICINAL DO TRIGO

Triticum vulgare Vill.

Descrição : Planta da família das Poaceae. O trigo (Triticum spp.) é uma gramínea que é cultivada em todo mundo. Seu cultivo segue paralelo à história da antigüidade e da modernidade. E é utilizado principalmente como base de farinhas para fabricar um alimento essencial. Planta pode atingir 0,5 a 1,5m. de altura, tem raízes em forma de cabeleira, caule oco e reto (colmo), 6 a 9 folhas estreitas e compridas, flores em grupo de 3 a 5 formam espiguetas que se agrupam em número de 15 a 20, formando espigas. O fruto, uma cariopse, é seco, pequeno, chamado grão, conclue desenvolvimento 30 dias após fecundação da flor. Dentre as variedades indicadas para cultivo na região do Brasil Central-Cerrado encontram-se: BR-26 - São Gotardo (sequeiro e irrigado), BR-33 - Guará (irrigado), BH-1146 (sequeiro), EMBRAPA-21 (sequeiro) Anahuac (irrigado)

Parte utilizada: Frutos, gérmen, farelo.

Origem : Originário da Síria, Jordânia, Turquia e Iraque.

Plantio :Áreas corrigidas com calcário, bem adubadas e já cultivadas anteriomente com plantas leguminosas - soja, feijão, adubos verdes, devem ser preferidas. Evitar plantio em áreas com ervas daninhas e em solos com Ph abaixo de 5,0 e saturação de bases abaixo de 20%. Sementes devem estar isentas de pragas, doenças, serem vigorosas e com % de germinação elevada. Para previnir doenças - na germinação e emergência indica-se tratamento de semente, pouco antes do plantio, com mistura de fungicidas à base de Carboxin (93,7g.) + Thiuram (93,7g.) de principio ativo para 100 Kg de sementes para previnir aparecimento de helmintosporiose, carvão, outras.

Princípios Ativos: amido, ácido ascórbico, ácido caprínico, ácido clorogênico, ácido ferúlico, ácido fólico, ácido fórmico, ácido glutâmico, ácido malênico, ácido oxálico, alantoína, albumina, apigenina, a-tocoferol, a-triticeno, benzaldeído, betaína, biotina, campesterol, celulose, cobre, ergosterol, ferro, fibra (26,7%), fósforo, hidratos de carbono, lisina, magnésio, niacina (vitamina PP), pectina, proteína (glúten 12%), quercetina, vitaminas B e E, sitosterol, zinco. Composição química e valor nutricional por 100 gramas de trigo Fonte: Ministério de Saúde do Peru. Óleo extraído do gérmen: lipídeos e vitaminas lipossolúveis (principalmente E); ácidos linolêico, linolénico e araquidônico.

Propriedades medicinais: Antioxidante, calmante, emoliente, neurotônica, nutritiva, reconstituinte, vitaminizante. Óleo do gérmem do trigo: antioxidante.

Indicações: Afecção da pele, anemia, convalescência, desnutrição, doença cardíaca, hipotensão, intestino preso. Óleo do gérmem do trigo: colesterol, prevenir a arteriosclerose, doenças cardiovasculares.

trigo

Contra-indicações/cuidados: o farelo de trigo é contra-indicado para pacientes com absorção intestinal deficiente, úlceras estomacais, do duodeno, apendicite, tuberculose mesentérica. O farelo de trigo é uma alimento energético de fácil assimilação, recomendado para crianças, velhos, convalescentes, debilidade, raquitismo, anemia. Remineraliza o organismo, fortalece o sistema nervoso e aumenta a secreção láctea.

Efeitos colaterais: O trigo, assim como o malte, a cevada, a aveia e o centeio, possui o glúten em sua composição, desta forma, não deve ser consumido por portadores da doença celíaca, já que a mesma traz como consequência ao organismo (caso consumido estes alimentos), uma atrofiação nas mucosas do intestino delgado, prejudicando o organismo e a absorção de diversos nutrientes.

Modo de usar: - farelo de trigo: febrífugo, aliviar a colite ulcerativa e a diverticulose; - farelo de trigo ou pão integral: constipação intestinal rebelde; - amido e a farinha integral secos, externamente: erupções cutâneas e pruridos do anus e em forma de pasta para tratar inflamações, queimaduras, fissuras das mãos e tórax; - brotos (com 2 cm) dos grãos de trigo germinados em pano umedecidos diariamente, removidas as cascas, consumidos crus ou cozinhados em leite: fonte de vitaminas, aperitivo, nutritivo general, reconstituinte do organismo e pessoas fracas ou convalescentes; - farina integral seca: acalmar dor e absorver a umidade das superfícies irritadas e inflamadas que secretam líquidos mesmo os purulentos. Diluídas em água em cataplasma s: emoliente; - decocção do farelo: reduzir a febre; - decocção da água, na qual se deixou de molho farina integral: curar inflamações intestinais, diarréia ou disenteria; - amido de trigo: emoliente e calmante de afecções cutâneas; - infusão das flores frescas: debelar o vício de bebidas alcoólicas; - decocção ou infusão de 30 g de trigo integral em 1 litro de água, distribuída em três doses diária, acompanhadas de abundante água: reconstituinte; Notas: - a farina integral seca, usada para acalmar a dor e absorver a umidade, deve ser substituída periodicamente (para não fermentar). - para fins terapêuticos e reconstituintes a farina, sêmola, gérmen de trigo, farelo de trigo ou qualquer outro subproduto deve ser integral. O pão branco, não é integral e pode originar acidez estomacal e estitiquez.

A Cultura do Trigo. Secretaria de Agricultura da Bahia.

História do trigo no Brasil.

Associação Brasileira da Indústria de Trigo.






Ajude Plantas Que Curam a difundir a saúde pela natureza, divulgando nosso site nas redes sociais.

Nosso site é um serviço oferecido de forma gratuita, mais se caso você desejar contribuir com nosso trabalho, pode fazer uma doação pelo sistema pagseguro do Universo On-line.