Plantas Que Curam - O seu guia de Plantas Medicinais na Internet

VERATRO

Veratrum album L.,

Descrição : Planta da família das Liliaceae. Também conhecida como heléboro-branco, veratro-branco e flor da verdade.

Parte utilizada: rizoma com uma parte das raízes.

Origem : Europa e norte da Ásia.

Princípios Ativos: alcalóides venenosos: veratrina, protoveratrina A e B, substâncias amargas, resina e ácidos orgânicos.

Contra-indicações/cuidados: TÓXICO. Durante a manipulação da droga, deve usar-se uma máscara protetora.

Veratro

Efeitos colaterais: o pó de veratro irrita os olhos e provoca espirros incontroláveis. Também insensibiliza localmente a pele. A intoxicação por produz ação vesicante sobre as mucosas digestivas, com sensação de grande queimação, sialorréia, náuseas, vômitos, hipotermia, suores frios, diarréia, depressão dos centros nervosos cardíacos e respiratórios, podendo ocasionar a morte. A dose letal é de 1 a 2 g ou 20 mg de veratrina.

Obs.: a toxicidade do rizoma faz com que não seja empregado em medicina popular, mesmo assim é utilizado na indústria farmacêutica. Os produtos são usados em cardiologia, contra as cãibras, as crises de asma, a tosse convulsiva; são febrífugos, sudoríficos, vasodilatadores, hipotensores. O veratro entra na composição de unguentos e pomadas que servem para massagens antinevrálgicas e anti-reumatismais. Em medicina veterinária, o veratro é usado como inseticida e no tratamento do aparelho digestivo.




Indique nosso site para um amigo.